Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIÂNGELA KNITTER BARROS
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIÂNGELA KNITTER BARROS
DATA: 26/09/2018
HORA: 15:00
LOCAL: sala da prex
TÍTULO: AVALIAÇÃO DA SAÚDE BUCAL DE GESTANTES ASSISTIDAS PELO PROGRAMA DE PRÉ-NATAL DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DA ZONA URBANA DE CORRENTE, PIAUÍ: UMA INTERVENÇÃO CLÍNICA EM BUSCA DA MELHORIA DA SAÚDE BUCAL.
PALAVRAS-CHAVES: Saúde bucal. Gestantes. Cárie dentária. Doença periodontal
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

A atenção integral à mulher na gestação é essencial tanto para o par mãe e filho, quanto para equipe de saúde, visto que a adequada assistência e o cuidado asseveram a possibilidade de um período gestacional mais seguro. A saúde bucal evidenciada na gestação correlaciona-se com a saúde geral e as transformações pelas quais a gestante experimenta neste período podem afetar a saúde do bebê. Os profissionais de Saúde Bucal devem responsabilizar-se pela assistência odontológica no pré-natal, utilizando abordagem diferenciada, integralizada com equipe multiprofissional, dadas as alterações orgânicas naturais deste ciclo de vida. O objetivo deste estudo de intervenção foi avaliar a saúde bucal de gestantes assistidas pelo programa de pré-natal de Unidades Básicas de Saúde da zona urbana de Corrente, Piauí, por meio da comparação dos índices CPOD e CPI antes e após intervenções de educação em saúde bucal e procedimentos clínicos. Um formulário estruturado foi aplicado para coletar dados sociodemográficos e percepção de saúde bucal. Foram realizados atividades educativas e exames clínicos para registro dos CPOD e CPI iniciais, e, após o tratamento das necessidades clínicas, foram reavaliados tais índices. Utilizou-se na análise dos dados o programa estatístico STATA®, versão 12. Para comparar as médias do CPOD utilizou-se o teste não paramétrico de Wilcoxon (signed rank test) e na análise do índice CPI antes e após as intervenções empregou-se o teste não paramétrico de McNemar. A significância utilizada foi de 0,05 com 95% de intervalo de confiança.  Participaram 47 gestantes voluntárias, 40,4% com idade entre 20 e 29 anos, 78,7% eram casadas, 44,7% entre 16 e 20 semanas de gestação, 40,4% primíparas, 40,7% tinham de 10 a 12 de estudo, 53,2% relatou medo em realizar tratamento odontológico durante a gestação, porém 51,1% relatou achar que problemas bucais aumentaram com a gravidez. Não houve diferença significativa entre as médias do índice CPOD antes e depois das intervenções, porém verificou-se diminuição para o componente cariado (p=0,001) e aumento para o componente restaurado (p=0,001). Já para o CPI, observou-se uma diminuição estatisticamente significativa na proporção de gestantes com sangramento gengival (p=0,0001). Concluiu-se que é imprescindível o planejamento e o incremento de ações educativas e de serviços clínicos oferecidos a mulheres no período da gestação


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167577 - LIS CARDOSO MARINHO MEDEIROS
Interno - 665.904.343-87 - LORENA CITO LOPES RESENDE SANTANA - UFPI
Externo ao Programa - 1790736 - MARINA DE DEUS MOURA DE LIMA
Interno - 1560969 - ROSIMEIRE FERREIRA DOS SANTOS

Cadastrada em: 09/09/2018
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/08/2018 - 07/08/2018 · Matrícula para o período 2018.2.
  • 13/08/2018 · Início do período letivo 2018.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 18/09/2018 16:31