Últimas Notícias
Banca de DEFESA: DANIELA BANDEIRA DE CARVALHO
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELA BANDEIRA DE CARVALHO
DATA: 11/05/2018
HORA: 15:00
LOCAL: SALA DE AULA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E COMUNIDADE
TÍTULO: Fatores associados ao absenteísmo por doença entre professores
PALAVRAS-CHAVES: Licença médica. Professores. Absenteísmo. Regressão logística. Saúde do trabalhador.
PÁGINAS: 59
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

INTRODUÇÃO: O absenteísmo é caracterizado como a ausência laboral do trabalhador. As consequências do afastamento docente afetam a rotina escolar e o envolvimento do docente com seu trabalho. Os estudos sobre os afastamentos dos docentes podem fornecer informações sobre a saúde do professor e são fundamentais para ajudar a administração pública na tomada de decisões. OBJETIVO: Verificar o perfil dos afastamentos dos professores da Rede Municipal de Teresina e investigar a associação entre as doenças mais prevalentes e os fatores relacionados ao trabalho. MÉTODOS: Estudo transversal, documental e analítico, analisou-se os afastamentos de todos os professores atendidos pela perícia médica do Instituto de Previdência do Município de Teresina – IPMT, durante o período de 2010 a 2016. A regressão Logística foi utilizada para estimar a chance de um professor solicitar afastamento segundo as doenças que mais afastam os professores de suas atividades laborais, onde o nível de significância adotado foi de 5% (p<0,05). RESULTADOSA análise multivariada apontou que os professores com maior carga horária (8 horas/dia), com maior tempo de serviço (OR = 1,04; IC: 1,01-1,07) e os profissionais de educação física (OR = 1,82; IC: 1,08-3,06) estão mais propensos a ter doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo, os professores de geografia (OR = 0,46; IC: 0,21-0,97) possuem menor chance de solicitar afastamento por esse tipo de doença. Professores com menor carga horária (OR = 0,40; IC: 0,24-0,65) e do sexo masculino (OR = 0,32; IC: 0,18-0,57) possuem menor chance de solicitar afastamento por doenças do aparelho respiratório. O modelo multivariado para afastamentos por transtornos mentais e comportamentais evidenciou que professores que lecionam a disciplina de inglês (0R = 3,04; IC: 1,63-5,67), do sexo feminino, e com maior tempo de serviço (OR = 1,04; IC: 1,01-1,07) possuem maior chance de desenvolver transtornos mentais e comportamentais.  CONCLUSÕES: O estudo detectou índices de absenteísmo semelhantes ao da literatura. O absenteísmo docente por doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo, doenças do aparelho respiratório e por transtornos mentais e comportamentais entre professores dos anos finais do ensino fundamental (5º ao 9º Ano) está associado a variáveis sociodemográficas, bem como a aspectos relacionados ao trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1566432 - FERNANDO FERRAZ DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - LUCIOLA GALVAO GONDIM CORREA FEITOSA - UNINOVAFAPI
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Interno - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS

Cadastrada em: 24/04/2018
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 22/02/2018 - 23/02/2018 · Matrícula para o período 2018.1.
  • 01/03/2018 · Início do período letivo 2018.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 24/05/2018 07:08