CT - ENGENHARIA CARTOGRÁFICA E DE AGRIMENSURA - Presencial - Teresina

 

Curso  Nível  Graduação

CENTRO DE TECNOLOGIA - CT

Notícias

CONVITE: Defesa de TCC 2020.3


CONVITE: Defesa de TCC 2020.3

A coordenação do Curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura tem a honra e a digna satisfação de convidá-lo(a) para as defesas de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do ano/semestre 2020.3, dos seguintes discentes:

1) DISCENTES: LEONARDO PINHO MIRANDA e WIDYSON MATHEUS PRADO DA SILVA


TÍTULO: “ANÁLISE MULTICRITÉRIO APLICADA A DEGRADAÇÃO DO SOLO NO SUL DO ESTADO DO PIAUÍ”


BANCA EXAMINADORA:

Prof. Me. Lineardo Ferreira De Sampaio Melo (Orientador – CT/UFPI)

Prof. Dr. Péricles Luiz Picanço Júnior (Examinador Interno – CT/UFPI)

Prof.ª Ma. Élida Maria Cardoso de Brito (Examinadora Externo – IFPI)

Me. Alan Pereira da Silva Falcão Mendes (Examinador Externo – EMBRAPA)

 

Data: 28/09/2020, (segunda-feira)
Horário: 16 horas
Local: Sala Remota (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa)

Link: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/lineardo-ferreira-de-sampaio-melo



RESUMO: Os estudos e análises ambientais constituem formas de se acompanhar e entender as variadas mudanças pelas quais a natureza vêm passando ao longo dos anos, quer em decorrência da ação humana; quer em face de condicionantes naturais do meio. Nesse seguimento, podem-se ressaltar os empenhos voltados para fenômeno da desertificação, uma problemática que vem sendo observada desde a década de 30 e cujos desdobramentos ensejaram convenções e acordos no sentido de garantir um meio ambiente equilibrado. Dentro dessa ótica destaca-se o estado do Piauí que apresenta um dos principais núcleos de desertificação do país, Gilbués, e áreas localizadas no sul do estado com alto potencial para ocorrência de eventos degradativos de mesma natureza. Partindo-se da realidade piauiense, o presente trabalho buscou-se realizar uma análise – por meio de técnicas de geoprocessamento – das condições ambientais e de suscetibilidade à degradação na microrregião das Chapadas do Extremo Sul Piauiense. A escolha da área de estudo partiu da constatação de certo grau de fragilidade observada nessa região a partir de dados disponibilizados pelo Instituto Nacional do Semiárido (INSA) o que revelou a necessidade de estudos dessa natureza na região segundo uma nova abordagem. No que diz respeito à metodologia de abordagem, essa se fundamentou na utilização da técnica de Análise Hierárquica Processual (AHP) a partir da qual, após a criação de um banco de dados em um ambiente SIG, realizou-se a análise e cruzamento das informações base para geração da carta de suscetibilidade à desertificação e posterior comparação dos resultados obtidos com as informações disponibilizadas pelo sistema do INSA. Dessa forma a aplicação AHP mostrou-se eficaz em revelar os graus de suscetibilidade à desertificação que variaram entre baixo à significativamente alto, apresentando coerência com os resultados apresentados pelo INSA e indo de encontro com as expectativas iniciais estabelecidas.

Palavras-chaves: Análise Hierárquica Processual. Desertificação. INSA. SIG.

Contamos com a participação de todos.

Atenciosamente,

Coordenação do Curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura
Universidade Federal do Piauí
 

Notícia cadastrada em 25/09/2020 23:36  

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | sigjb05.ufpi.br.instancia1 vSIGAA_3.12.501 27/01/2021 19:55