-

PPGS042 - TEORIA SOCIOLÓGICA II - Turma: 01 (2014.2)

Tópicos Aulas
Introdução a disciplina Teoria Sociológica II (12/09/2014 - 12/09/2014)

Apresentação e discussão do plano de ensino e da importância da disciplina na formação acadêmica do pós-graduando.

   Texto para aula 12.09, da disciplina Teoria Sociológica II 
Caro/a aluno/a, Segue anexo texto de nossa primeira aula, 12.09. Façam a leitura. Referência bibliográfica: Alexander, J. (1995) Que es la teoría? En. Las teorias sociológicas desde la segunda guerra mundial. Barcelona. Gedisa editorial. Atenciosamente,
Tradições norte-americanas (19/09/2014 - 19/09/2014)
Funcionalismo/estruturalismo (26/09/2014 - 26/09/2014)
Interacionismo (03/10/2014 - 03/10/2014)
Teoria do conflito (10/10/2014 - 10/10/2014)
Conservantismo sociológico (17/10/2014 - 17/10/2014)
Fenomenologia (24/10/2014 - 24/10/2014)
Campos sociais, luta e dominação (31/10/2014 - 31/10/2014)
Redes e configurações dinâmicas (07/11/2014 - 07/11/2014)
Teoria da estruturação e da modernidade tardia (14/11/2014 - 14/11/2014)
Crítica pós-positivista de Foucault (21/11/2014 - 21/11/2014)
Crítica pós-positivista de Alexander (28/11/2014 - 28/11/2014)
Apresentação do artigo em sala (05/12/2014 - 05/12/2014)
Apresentação e discussão dos artigos produzidos (12/12/2014 - 19/12/2014)
Frequências da Turma
# Matrícula SET OUT NOV DEZ Total
12 19 26 03 10 17 24 31 07 14 21 28 05 12 19
1 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 201410**** 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 0 0 0 0 0 5
4 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 201410**** 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 0 0 0 0 0 5
6 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
7 2014100**** 0 4 4 4 4 5 4 4 4 4 4 4 4 5 5 59
8 201310**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
9 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
10 201410**** 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 4 4 0 12
11 201410**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Notas da Turma
# Matrícula Unid. 1 Prova Final Resultado Faltas Situação
1 201410**** 8,0 8.0 0 AM
2 201410**** 9,0 9.0 0 AM
3 201410**** 9,0 9.0 0 AM
4 201410**** 9,0 9.0 5 AM
5 201410**** 8,5 8.5 0 AM
6 201410**** 9,0 9.0 0 AM
7 201410**** 9,5 9.5 0 AM
8 201410**** 8,5 8.5 12 AM
9 201410**** 8,5 8.5 5 AM
10 201310**** 7,5 7.5 0 AM
11 2014100**** 0,0 0.0 59 RF

Nenhum item foi encontrado

Plano de Curso

Nesta página é possível visualizar o plano de curso definido pelo docente para esta turma.

Dados da Disciplina
Ementa: A sociologia tem desenvolvido crescente preocupação em repensar pressupostos teórico-metodológicos subjacentes ao seu entendimento científico do mundo, pela releitura de autores clássicos (Marx, Durkheim, Weber, Simmel...). Reflexões de caráter epistemológico são desenvolvidas por cientistas sociais numa multiplicidade de modelos e referências teórico-metodológicas, assim como em tentativas de integração e sínteses teóricas. Busca-se a superação de pares de conceitos clássicos (subjetivo e objetivo, agente e estrutura, coletivo e individual, macrossociologia e microssociologia) e se expandem novos campos de pesquisas com trocas multidisciplinares que realimentam novas problemáticas no campo da sociologia, seja com a filosofia, história, literatura, linguística, direito, ecologia, geografia, dentre outros. O advento das "novas sociologias", (existencial; ator-rede; ação comunicativa; fenomenológica, "praxeologia" ou "construtivismo estruturalista", etnometodologia; sociedade de risco, complexidade, sociedade de consumidores e cultura do hiperconsumo; globalização e cultura global de mercado, pós-modernidade e identidades, sociedade da decepção, industrias culturais, sociedade hipertecnológica, epistemologia feminista) faz emergir “galáxias sociológicas” que, longe de se constituirem como blocos monolíticos, assumem diferentes configurações conceituais e desenvolvem problemáticas distintas entre si, embora partilhem alguns princípios no plano metateórico. Torna-se necessário indagar sobre os fundamentos de tais universos conceituais, em suas convergências e divergências, na constituição do atual campo sociológico e sobre como tais movimentos teóricos incidem reflexão no campo das ciências sociais no Brasil
Objetivos:
Metodologia de Ensino e Avaliação
Metodologia: A Disciplina se desenvolverá em cada aula um fluxo constante de reflexão/ análise dos autores/ escolas referenciados no conteúdo programático proposto. Como canal de discussão, uma dupla de alunos fará apresentação oral de mini-paper ou texto-síntese produzido através dos textos indicados na bibliografia. Uma cópia digitalizada deve ser entregue ao professor e aos colegas pós-graduandos, 24 horas antes da aula que fará a apresentação.

O professor poderá fazer intervenções antes, durante e após apresentação oral do mini-paper da dupla. Aos demais colegas, cabe as intervenções no final da apresentação, embasados nos textos sugeridos na bibliografia.
Procedimentos de Avaliação da Aprendizagem: Os alunos serão avaliados por duas notas.
1. Apresentação oral de dois textos sínteses (produzido em dupla) e suas intervenções no decorrer da disciplina;

ATENÇÃO: para produzir o mini-paper, a dupla de pós-graduandos deverá utilizar as fontes bibliográficas apresentadas no plano de ensino.
2. Entega de um artigo produzido pelo diálogo entre dois autores/ escolas/ temas discutidos.
Horário de atendimento: 8-12
Bibliografia: BIBLIOGRAFIA
1.1 Tradições norte-americanas
Mínima para produção do texto síntese
Coser, Lewis. (1988) “Corrientes sociológicas de los Estados Unidos” en: Bottomore, Tom y Robert Nisbet (compiladores). Historia del análisis sociológico, Amorrortu Editores, Buenos Aires. p.327-363.
Mínima para discussão dos demais alunos
Cooley, Charles H (1970) “O significado da comunicação para a vida social” in Homem e sociedade (org. Cardoso, F. H. e Ianni, O), Cia. Ed. Nacional, S. Paulo, p.168-79.
Wirth, Louis (1973) “O urbanismo como modo de vida” in O fenômeno urbano (org. Velho, O.), Zahar, Rio de Janeiro, p. 90-113.

1.2 Funcionalismo/estruturalismo
Mínima para produção do texto síntese
Alexander, J. (1995) El estructural-funcionalismo. En. Las teorias sociológicas desde la segunda guerra mundial. Barcelona. Gedisa editorial. p.25-45.
Mínima para discussão dos demais alunos
Giddens, A. (1999) “Estruturalismo, pós-estruturalismo e a produção da cultura” in Giddens, A. e Turner, J. (orgs) Teoria Social Hoje. São Paulo: UNESP. p. 281-320.
Merton, Robert (1964) “Funções manifestas e funções latentes” in Teoria y estructura sociales, Fondo de Cultura Econômica, México, p. 29-94.
Münch, Richard (1999) “A teoria parsoniana hoje: a busca de uma nova síntese” in
Giddens, A. e Turner. J. (orgs.) op. cit. p. 175-228.

1.3 Interacionismo
Mínima para produção do texto síntese
Alexander, J. (1995) El interaccionismo simbólico (1) e (2). En. Las teorias sociológicas desde la segunda guerra mundial. Barcelona. Gedisa editorial. p.120-145.
Mínima para discussão dos demais alunos
Becker, Howard (1963) “Outsiders” in Outsiders: studies in the sociology of deviance, Free Press, New York, p. 1-18.
Goffman, Erving (1982) “Estigma e identidade social” in Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada, Zahar Editores, Rio de Janeiro, p. 11-50.
Joas, Hans (1999) “Interacionismo simbólico” in Giddens, A. e Turner, J. (orgs.), op. cit. p.127-174.

2.1 Teoria do conflito
Mínima para produção do texto síntese
Alexander, J. (1995) La teoría del conflicto (1) e (2). In. Las teorias sociológicas desde la segunda guerra mundial. Barcelona. Gedisa editorial. p.79-96.
Mínima para discussão dos demais alunos
Mills, Wright. (1975) “Da política” e “Do artesanato intelectual” in A imaginação sociológica, Zahar, Rio de Janeiro, p.192-244.

2.2 Conservantismo sociológico
Mínima para produção do texto síntese
Nisbet, R. (1988) “Conservadorismo” En Bottomore, T. e Nisbet, R. (compiladores) op.cit. p.105-144.
Mínima para discussão dos demais alunos
Nisbet, R. (1977) “Las ideas-elementos de la sociología” e “Las dos revoluciones” En La formación del pensamiento sociológico 1, Amorrortu Editores, Buenos Aires, p. 15-67

2.3 Fenomenologia
Mínima para produção do texto síntese
Wolff, Kurt (1988) “Fenomenología y sociología” En Bottomore, T. e Nisbet, R. (orgs.) op.cit. p.570-634.
Mínima para discussão dos demais alunos
Schutz, Alfred. (1979) “Fundamentos da fenomenologia” in Fenomenologia e relações sociais, Zahar Editores, Rio de Janeiro, p.53-78.

3.1 Campos sociais, luta e dominação
Mínima para produção do texto síntese
Bourdieu, P. (1996) A economia dos bens simbólicos, In Razões práticas. São Paulo, Papurus, p. 157-198
Mínima para discussão dos demais alunos
Bourdieu, P. (2003) Gostos de classe e estilos de vida, In Ortiz, R (Org.) A sociologia de Pierre Bourdieu. Bertrand Brasil, Rio de Janeiro.

3.2 Redes e configurações dinâmicas
Mínima para produção do texto síntese
Elias, Norbert (1994) “A civilização como transformação do comportamento humano” In O processo civilizador, vol I, Uma história dos costumes, Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro.
Mínima para discussão dos demais alunos
Elias, N. (1989) “The symbol theory”, part one and part two, in Theory, culture & society, vol.6, number 2, May, And vol.6, number 3, August.

3.3 Teoria da estruturação e da modernidade tardia
Mínima para produção do texto síntese
Giddens, A. (2003) “Elementos da teoria da estruturação” in A constituição da sociedade, Martins Fontes, S. Paulo, p. 1-46.
Mínima para discussão dos demais alunos
Giddens, A. (2002) “Os contornos da alta modernidade” in Modernidade e Identidade, Jorge Zahar Ed., Rio de Janeiro, p.17-38.
Giddens, A. (2007) “Globalização”e “Risco” in Mundo em descontrole, Record, Rio de Janeiro, p. 17-45.

4.1 Crítica pós-positivista de Foucault
Mínima para produção do texto síntese
Dreyfus, H. L.; Rabinow, P. (1995) Michel Foucault, uma trajetória filosófica (além do estruturalismo e da hermenêutica) Rio de Janeiro: Forense Universitária. pXIII-XXIV; p.158-201.
Mínima para discussão dos demais alunos
Foucault, M. (1999) A verdade e as formas jurídicas, Rio de Janeiro, Nau Ed.

4.2 Crítica pós-positivista de Alexander
Mínima para produção do texto síntese
Alexander, J (1989) “O novo movimento teórico” in RBCS, no. 11, ano 6.
Mínima para discussão dos demais alunos
Alexander, J. (2000) “Moderno, anti, post y neo: cómo se há intentado comprender en las teorías sociales el –nuevo mundo”. En Sociología cultural: formas de clasificacíon en las sociedades complejas. Barcelona. FLACSO. p.55-126.
Cronograma de Aulas

Início

Fim

Descrição
12/09/2014
12/09/2014
Introdução a disciplina Teoria Sociológica II
19/09/2014
19/09/2014
Tradições norte-americanas
26/09/2014
26/09/2014
Funcionalismo/estruturalismo
03/10/2014
03/10/2014
Interacionismo
10/10/2014
10/10/2014
Teoria do conflito
17/10/2014
17/10/2014
Conservantismo sociológico
24/10/2014
24/10/2014
Fenomenologia
31/10/2014
31/10/2014
Campos sociais, luta e dominação
07/11/2014
07/11/2014
Redes e configurações dinâmicas
14/11/2014
14/11/2014
Teoria da estruturação e da modernidade tardia
21/11/2014
21/11/2014
Crítica pós-positivista de Foucault
28/11/2014
28/11/2014
Crítica pós-positivista de Alexander
05/12/2014
05/12/2014
Apresentação do artigo em sala
12/12/2014
19/12/2014
Apresentação e discussão dos artigos produzidos
Avaliações
Data Descrição
19/12/2014 1ª Avaliação
: Referência consta na biblioteca
Referências Básicas
Tipo de material Descrição
Referências Complementares
Tipo de material Descrição
Notícias da Turma
: Visualizar

Título

Data
Aula dia 10.12.14 09/12/2014
Aula dia 10.12.14 08/12/2014
Aulas com o professor Samuel 20/11/2014
Aula na sexta 12/11/2014
MUDANÇA DE SALA! 09/10/2014
Inicio das aulas 11/09/2014

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | sigjb03.ufpi.br.sigaa vSIGAA_3.12.632 15/10/2021 23:09