-

PPGAA041 - ANTROPOLOGIA II - Turma: 01 (2015.2)

Tópicos Aulas
Apresentações (25/08/2015 - 25/08/2015)
1. As pessoas e seus objetivos particulares 2. Os projetos de pesquisa 3. O programa da disciplina 4. As regras institucionais
Panorama da Antropologia (01/09/2015 - 01/09/2015)
Apresentação de um panorama crítico das principais escolas teóricas e suas atualizações
Estruturalismo e pensamento simbólico (08/09/2015 - 08/09/2015)
Apresentação e discussão dos conceitos de estrutura, linguagem e parentesco na obra de Lévi-Strauss
Estruturalismo e Pensamento simbólico II (15/09/2015 - 15/09/2015)
Os discursos na arte, magia e ciência. Além dos discursos sobre os processos de eficácia simbólica nos rituais de cura
Individualismo e holismo (22/09/2015 - 22/09/2015)
A perspectiva de Dumont sobre o valor do individualismo nas sociedades modernas
Ritual e simbolismo (29/09/2015 - 29/09/2015)
A noção em Leach e Mary Douglas sobre simbolismo ritual
Avaliação (06/10/2015 - 06/10/2015)
Avaliação
Interpretativismo (13/10/2015 - 13/10/2015)
O interpretativismo em Geertz
O lugar do cultura (20/10/2015 - 20/10/2015)
Estudos sobre cultura
O lugar do outro II (27/10/2015 - 27/10/2015)
Noções de cultura
Atualizações discursivas (03/11/2015 - 03/11/2015)
A teoria de Bourdieu e Foucoult
Antropologia e Performance (10/11/2015 - 10/11/2015)
Novas perspectivas teóricas e analíticas
A experiência etnográfica (17/11/2015 - 17/11/2015)
As tendências da pós-modernidade na antropologia
Estudos (24/11/2015 - 24/11/2015)
Estudos
Estudos (01/12/2015 - 01/12/2015)
Estudos conclusivos da disciplina para elaboração do trabalho final
Estudos (08/12/2015 - 08/12/2015)
Estudos conclusivos para elaboração do trabalho final
Frequências da Turma
# Matrícula AGO SET OUT NOV DEZ Total
25 01 08 15 22 29 06 13 20 27 03 10 17 24 01 08
1 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 4
3 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 4
4 2015100**** 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
5 2015100**** 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
6 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 4
7 2015100**** 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
8 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
9 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
10 2015100**** 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
11 2015100**** 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
12 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Notas da Turma
# Matrícula Unid. 1 Prova Final Resultado Faltas Situação
1 2015100**** 9,2 9.2 0 AM
2 2015100**** 9,5 9.5 0 AM
3 2015100**** 8,8 8.8 0 AM
4 2015100**** 8,7 8.7 0 AM
5 2015100**** 9,0 9.0 0 AM
6 2015100**** 8,8 8.8 0 AM
7 2015100**** 8,3 8.3 0 AM
8 2015100**** 9,7 9.7 0 AM
9 2015100**** 9,5 9.5 0 AM
10 2015100**** 7,5 7.5 0 AM
11 2015100**** 7,8 7.8 0 AM
12 2015100**** 9,2 9.2 0 AM

Nenhum item foi encontrado

Plano de Curso

Nesta página é possível visualizar o plano de curso definido pelo docente para esta turma.

Dados da Disciplina
Ementa: Debate antropológico na segunda metade do século XX. Estruturalismo francês e seus desdobramentos em outras tradições nacionais. Estrutura e transformação social. Estrutura e história. A perspectiva interpretativista da cultura. Cultura, conflitos e processo social. Debates contemporâneos sobre autoridade etnográfica, os limites dos conceitos clássicos na disciplina e perspectivas pós-modernas.
Objetivos:
Metodologia de Ensino e Avaliação
Metodologia: OBJETIVOS
Possibilitar o acesso e a atenção às pluralidades de perspectivas do pensamento antropológico através do estudo e da reflexão a diferentes autores. Compreender a articulação deles com a informação etnográfica e relacionar aos contextos sócio históricos em que foram produzidos. E perceberem que a reflexão sobre as teorias da disciplina é uma condição importante para embasar sua própria produção.
METODOLOGIA
Leitura e discussão nos seminários
Procedimentos de Avaliação da Aprendizagem: AVALIAÇÃO
Prova escrita
Ensaio escrito entregue ao final da disciplina
Horário de atendimento:
Bibliografia: Sessão 2 – Panorama da Antropologia
ORTNER, Sherry B. Teoria na antropologia desde os anos 60. Mana [online]. 2011, vol.17, n.2 (pp. 419-466).
ORTNER, Sherry B. Uma atualização da teoria da prática. In: M.P.Grossi, C. Eckert e P. Fry (orgs.). Conferências e Diálogos: saberes e práticas antropológicas. Blumenau: Nova Letra, 2007, pp. 19-44.
VIVEIROS de CASTRO, Eduardo. Imagens da natureza e da sociedade .In: A inconstância da alma selvagem e outros ensaios de antropologia. Cosac & Naify, São Paulo, 2002
Peirano, Mariza 2006. Onde está a antropologia? Mana (online) 3(2):67-102, 1997.
Sessão 3 – Estruturalismo e pensamento simbólico
LÉVI-STRAUSS, Claude (1945) - “A análise estrutural em linguística e em antropologia.” In: Antropologia estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro,1976.
LÉVI-STRAUSS, Claude. - As Estruturas Elementares do Parentesco (Capítulos a designar). Petrópolis: Vozes, 1978
Sessão 4 – Estruturalismo e pensamento simbólico
LÉVI-STRAUSS, Claude (1949) - “O feiticeiro e sua magia.” In: Antropologia estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1976.
LÉVI-STRAUSS, Claude. (1949) - “A eficácia simbólica.” In: Antropologia estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1976.
LÉVI-STRAUSS, Claude. “A Ciência do Concreto” [1962] In O Pensamento Selvagem. Campinas, Papirus, 1997. p. 15-49.LÉVI-STRAUSS, C. Antropologia Estrutural. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro,1975;
Sessão 5 – Individualismo e holismo
DUMONT, Louis. 1985. "O valor nos modernos e nos outros". In: O Individualismo. Uma perspectiva antropológica da ideologia moderna. Rio de Janeiro: Rocco. (Introdução).
DUMONT, Louis. 1992. Homo Hierachicus. São Paulo: EDUSP. (Capítulos a designar)
Sessão 6 – Ritual e simbolismo
DOUGLAS, Mary. Pureza e Perigo. 1976. [1966] São Paulo: Editora Perspectiva (capítulos a designar).
LEACH, Edmund [1962] - O gênesis enquanto um mito In Edmund Leach (org). Roberto DaMatta, Ática, 1983.
LEACH, Edmund. "Dois ensaios a respeito da representação simbólica do tempo", in Repensando a antropologia. São Paulo: Perspectiva, 1974.
LEACH, Edmund. “Aspectos antropológicos da linguagem: categorias animais e insulto verbal”. Coletânea organizada por Roberto Da Matta, Edmund Leach. São Paulo: Ática, 1983.
Sessão 7 – Prova escrita individual
Sessão 8 – Interpretativismo
GEERTZ, Clifford. 1978 [1973]. Uma descrição densa: Por uma teoria interpretativa da cultura”; “O impacto do Conceito de Cultura sobre o Conceito de Homem”; “Notas sobre a briga de galos balinesa” In A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro, Zahar Editores.
GEERTZ, Clifford. 1997 [1983]. “Do ponto de vista dos nativos’: A natureza do entendimento antropológico” In O Saber Local: Novos Ensaios em Antropologia Interpretativa. Petrópolis, Vozes.
Sessão 9 – O lugar do Outro
Sahlins, Marshall 1997. O "pessimismo sentimental" e a experiência etnográfica: por que a cultura não é um "objeto" em via de extinção (parte I). Mana vol.3, n.1:41-74.
Sahlins, Marshall 1997. O "Pessimismo Sentimental" e a Experiência Etnográfica: Por que a Cultura não é um "Objeto" em Via de Extinção (parte II). Mana vol.3, n.1:103-150.
Barth, Frederik. A análise da cultura nas sociedades complexas. In: O Guru, o iniciador e outras variações antropológicas. Rio de Janeiro: Contracapa. 2000 (pp. 107-139).
SAHLINS, Marshall. Ilhas de História. RJ: Zahar.1983. (capítulos a designar).
Sessão 10 – Atualizações discursivas
BOURDIEU, P. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo:Edusp; Porto Alegre: Zouk. 2007.
________ Estrutura, habitus e prática. In: A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 1982.
_________ A economia das trocas linguísticas. In: Pierre Bourdieu: sociologia. Organização de Renato Ortiz. São Paulo: Ática, 1983. (pp. 156-183).
FOUCOULT, Michel. O corpo. In: Historia da sexualidade – vol. 3 O cuidado de si. Rio de Janeiro: Graal. 1985. pp. 103-146.

SESSÃO 11 – Antropologia e performance
LUCAS, Maria Elisabeth (org.). Horizontes antropológicos: Antropologia e performance. Porto Alegre, ano 11, n.24.jul./dez. 2005 ( artigos a designar).
TURNER, Victor. Dramas, campos e metáforas: ação simbólica na sociedade humana.Niterói: EDUFF, 2008 (capítulos a designar).



Sessão 12 – Antropologia e performance (ritual e gênero)
TAUSSIG, Michael. Xamanismo, colonialismo e o homem selvagem: um estudo sobre o terror e a cura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993 (A inveja e o conhecimento social implícito).
BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2003. (capítulos a designar)
SESSÃO 13 – A experiência etnográfica
CLIFFORD, J. & MARCUS, G.(orgs.). Retoricas de la antropologia. Madrid: Júcar, 1991, (capítulos a designar).
CALDEIRA, T. A presença do autor e a pós-modernidade na antropologia. In: Novos Estudos, Cebrap, 21, 1988.
Cronograma de Aulas

Início

Fim

Descrição
25/08/2015
25/08/2015
Apresentações
01/09/2015
01/09/2015
Panorama da Antropologia
08/09/2015
08/09/2015
Estruturalismo e pensamento simbólico
15/09/2015
15/09/2015
Estruturalismo e Pensamento simbólico II
22/09/2015
22/09/2015
Individualismo e holismo
29/09/2015
29/09/2015
Ritual e simbolismo
06/10/2015
06/10/2015
Avaliação
13/10/2015
13/10/2015
Interpretativismo
20/10/2015
20/10/2015
O lugar do cultura
27/10/2015
27/10/2015
O lugar do outro II
03/11/2015
03/11/2015
Atualizações discursivas
10/11/2015
10/11/2015
Antropologia e Performance
17/11/2015
17/11/2015
A experiência etnográfica
24/11/2015
24/11/2015
Estudos
01/12/2015
01/12/2015
Estudos
08/12/2015
08/12/2015
Estudos
Avaliações
Data Descrição
22/09/2015 1ª Avaliação
: Referência consta na biblioteca
Referências Básicas
Tipo de material Descrição
Referências Complementares
Tipo de material Descrição
Notícias da Turma
: Visualizar

Título

Data
DATA INICIO DAS AULAS 24/08/2015

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | sigjb05.ufpi.br.instancia1 vSIGAA_3.12.1063 12/04/2024 07:43