Notícias

Banca de DEFESA: EDILEIA BARBOSA REIS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDILEIA BARBOSA REIS
DATA: 29/02/2020
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Videoconferência do CCHL
TÍTULO: IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS EM ÁREAS DE CONDOMÍNIOS HORIZONTAIS NA REGIÃO SUL DE TERESINA -PIAUÍ / BRASIL.
PALAVRAS-CHAVES: Impactos Socioambientais. Condomínios Horizontais Fechados. Consumo da Cidade. Região Sul. Teresina.
PÁGINAS: 133
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

 A geografia como ciência busca, através da interpretação do espaço, compreender as formas de organização do espaço citadino, verificando como o poder público conduz o planejamento urbano-ambiental. Tendo em vista a atuação do capital financeiro como agente que influencia na produção do espaço e reproduz o modelo de moradia, os condomínios horizontais, se adaptaram às diferentes realidades e classes sociais, tendo como efeito a geração de impactos socioambientais. Neste contexto, esta pesquisa tem por objetivo geral analisar os impactos socioambientais e espaciais decorrentes da implantação dos condomínios horizontais fechados na região Sul da cidade de Teresina-PI no período de 2005 a 2018. Os objetivos específicos são: a) discutir a produção do espaço urbano, o planejamento urbano e ambiental e a implantação dos condomínios horizontais fechados em Teresina; b) relatar sobre as formas de apropriação e uso do solo urbano levando em consideração os aspectos geoambientais e socioeconômicos de Teresina; c) diagnosticar os impactos socioambientais decorrentes da expansão dos condomínios horizontais fechados na região Sul de Teresina no período de 2005 a 2018. A construção do texto está fundamentada a partir do diálogo dos seguintes autores: Abreu (1983), com uma abordagem sobre segregação em Teresina; Façanha (1998), tratando da formação espacial da capital do Piauí; Sáchez (2008), discutindo os instrumentos de gestão ambiental; e, Silva (2015), discorrendo sobre os condomínios horizontais em Teresina, bem como a partir de pesquisa documental que trata da legislação urbano e ambiental pertinente ao tema. Para realização da pesquisa optou-se como metodologia pelo uso do método histórico-dialético como forma de análise sobre as contradições socioespaciais, mesclando com o método check-list e a matriz de impactos socioambientais, como também o uso de ferramentas para o monitoramento ambiental, visando a observação das transformações socioambientais por meio de imagens de satélite e da produção e da análise de material cartográfico, assim como do registro fotográfico. Constatou-se que os condomínios horizontais influenciam na dinâmica urbano-ambiental da região Sul de Teresina, contribuindo para transformações socioambientais, além de promover a valorização espacial. Os impactos socioambientais ocorrem em duas fases, durante o processo de instalação e de operação dos empreendimentos, sendo que ambos incidem sobre as áreas dos condomínios, gerando alterações ambientais como a poluição sonora, alterações na paisagem e desmatamento, podendo influenciar na elevação da temperatura e no condicionamento de microclimas. Os impactos sociais estão relacionados à insegurança, ao isolamento social e a especulação imobiliária.  Conclui-se que a chegada dos condomínios horizontais fechados na região Sul de Teresina trouxe mudanças de hábitos associadas ao comportamento social e à função da moradia. Dessa forma, as alterações ambientais refletem-se na paisagem urbana ao contribuir com o desequilíbrio do ecossistema urbano.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2440142 - BARTIRA ARAUJO DA SILVA VIANA
Interno - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Externo à Instituição - ANNA KELLY MOREIRA DA SILVA - IFPI
Notícia cadastrada em: 11/02/2020 12:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/07/2022 18:21