Notícias

Banca de DEFESA: JOELMA DA COSTA BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOELMA DA COSTA BARBOSA
DATA: 30/03/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 323-L
TÍTULO: METAGÊNEROS: O ENSINO DO GÊNERO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM MANUAIS DE METODOLOGIA DESTINADOS A CULTURAS DISCIPLINARES ESPECÍFICAS
PALAVRAS-CHAVES: Metagêneros. Manuais de metodologia. Cultura disciplinar. Gênero Trabalho de Conclusão de Curso-TCC.
PÁGINAS: 168
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

    Os manuais de metodologia são importantes recursos no contexto acadêmico, pois orientam a produção de outros gêneros, funcionando como um metagênero. O crescente aumento na produção de manuais destinados ao ensino de gêneros acadêmicos para uma única área do conhecimento e a escassez de estudos sobre esses materiais constituem a lacuna de pesquisa que decidimos abordar. Nesse contexto, o objetivo deste estudo consiste em analisar como manuais de metodologia de culturas disciplinares específicas ensinam o gênero Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de graduação. Desse modo, considerando as teorias e análises de gêneros, sobretudo a perspectiva sociorretórica, fundamentamos a pesquisa nas noções de gênero (BAKHTIN, 2016; MILLER, 1984; BAZERMAN, 2015; BAWARSHI; REIFF, 2013; SWALES, 1990), propósito comunicativo (ASKEHAVE; SWALES, 2009), cultura disciplinar (HYLAND, 2004), comunidade discursiva (SWALES, 2016), metagênero (GILTROW, 2002), dentre outras. Para tanto, selecionamos seis manuais para representar seis Grandes Áreas do Conhecimento, conforme classificação do CNPq, a saber: “TCC e Projeto Integrador para Cursos na área da Química”; “Guia Prático para Trabalho de Conclusão de Curso em Construção Civil”; “Metodologia da pesquisa em Educação Física: construindo sua monografia, artigos e projetos”; “Monografia no Curso de Direito: Como elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)”; “Fazendo uma Monografia em Educação”; “Comunicação em Língua Portuguesa: Normas para Elaboração de TCC”. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de caráter predominantemente qualitativo e interpretativista. Os dados evidenciaram que os manuais privilegiam determinadas categorias de orientação em detrimento de outras, e apresentam diferentes propostas de organização para o gênero TCC e suas respectivas seções. Além disso, as obras apresentam marcas que evidenciam a sua associação à área do conhecimento visada, mas não discutem de modo satisfatório os motivos de sua produção ou particularidades sobre o gênero TCC em seu contexto disciplinar. A análise do perfil acadêmico dos autores revelou que todos são professores atuantes na área do conhecimento visada, sendo a maioria composta por doutores. Suas experiências com orientação de TCC e na docência de disciplinas de Metodologia Científica exerceram influência nas orientações apresentadas. Desse modo, sob a perspectiva sociorretórica, constatamos que esse tipo de manual também apresenta limitações, mas, em certa medida, apresenta avanços em direção ao ensino de gêneros relacionado às práticas das diferentes áreas do conhecimento, considerando as dificuldades dos alunos de graduação. Nessa perspectiva, este estudo pode contribuir para a análise e o ensino de gêneros e metagêneros, no contexto de diferentes culturas disciplinares, bem como para a escolha de manuais de metodologia para a orientação do gênero TCC.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167642 - FRANCISCO ALVES FILHO
Interno - 2499575 - MARCELO ALESSANDRO LIMEIRA DOS ANJOS
Externo à Instituição - VALFRIDO DA SILVA NUNES - UFAL
Notícia cadastrada em: 11/03/2020 11:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 25/05/2020 04:00