Notícias

PPGO UFPI RECEBE DUAS MENÇÕES HONROSAS NA 35ª REUNIÃO DA SBPqO


Matéria extraída do site da UFPI

O Programa de Pós-Graduação, a nível de mestrado, do curso de Odontologia da UFPI recebeu duas menções honrosas no 35º Congresso Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPQO), o principal congresso de pesquisa da área no Brasil. O evento aconteceu entre os dias 2 e 4 de setembro em Campinas, São Paulo.

Os dois alunos, vencedores entre mais de 4 mil trabalhos apresentados, estão no segundo período do programa de mestrado. O curso de Pós-Graduação em Odontologia existe desde 2011 e desde então tem desenvolvido pesquisas de real impacto na comunidade.

 

9b916e4d eb00 4c29 a98e 939d13db038820180910082755

Marcondes Cavalcante Santana Neto e orientadora durante o congresso


O trabalho de Iniciação Científica do aluno Marcondes Cavalcante Santana Neto, orientado pela Profa. Dra. Marina de Deus Moura de Lima, apresenta uma contestação à literatura acadêmica referente à área de Odontopediatria. O trabalho foi aclamado e considerado uma grande contribuição, podendo mudar a conduta de atendimentos clínicos na Odontologia Infantil. "É bom notar que meu trabalho teve um impacto pra sociedade odontológica. É uma sensação de dever cumprido", comenta Marcondes.

e7a25986 ae5a 4ae1 94ee c5cf9e7c7f7920180910083119

Geovanna Peres de Sousa e orientadora durante o congresso


Já o trabalho da aluna Geovanna Peres de Sousa, desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Odontologia, orientado pela Profa. Dra. Marcoeli Silva de Moura, apresenta um estudo sobre a relação entre a fluoretação da água na área central e bairros afastados de Teresina e índices de cárie e fluorose (problema causado pela ingestão excessiva e prolongada de flúor). A pesquisa é importante para o diagnóstico da saúde pública da capital. "Venho trabalhando nessa pesquisa desde a graduação, então é como se fosse a menina dos meus olhos. O sentimento de ser reconhecida é muito bom", declara Geovanna.

Para a professora e atual Coordenadora do Mestrado em Odontologia, Marina de Deus Moura de Lima, a premiação representa passo importante para a consolidação do curso. "Uma premiação dessas traz um reconhecimento de que estamos na linha certa, realizando pesquisas com real impacto, não somente na comunidade odontológica local, mas também a nível nacional. As nossas pesquisas são direcionadas ao Sistema Único de Saúde brasileiro, com objetivo de melhorar a qualidade de vida da comunidade. Entendo que os programas de pós- graduação precisam ter esse cuidado" afirma.

 

premiacao congresso odonto 620180910083434

Alunos de mestrado em Odontologia com as professoras Marina de Deus e Marcoeli Silva de Moura


O Programa de Mestrado em Odontologia da UFPI tem ajudado a pôr o Piauí no mapa da pesquisa odontológica a nível nacional. "É muito maior a quantidade de trabalhos inscritos pelas Instituições de Ensino e Pesquisa da região Sul e Sudeste do país, é uma concentração maior se formos comparar com Norte e Nordeste. Nós inscrevemos 21 trabalhos e ganhamos 2, então estamos muito felizes", comenta Marcoeli Silva de Moura, professora de Odontologia em Saúde Coletiva e do Programa de Pós-Graduação.

Notícia cadastrada em: 12/09/2018 18:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/10/2018 03:28