Notícias

Banca de DEFESA: LUCIANO MASCARENHAS DA SILVA SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANO MASCARENHAS DA SILVA SOUSA
DATA: 26/03/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: FORMAÇÃO DOCENTE EM GEOGRAFIA: UM OLHAR SOBRE O USO DAS GEOTECNOLOGIAS NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS EM TERESINA - PI
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de geografia, geotecnologias, formação docente.
PÁGINAS: 176
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Regional
ESPECIALIDADE: Análise Regional
RESUMO:

O uso das geotecnologias consiste em um recurso importante na abordagem geográfica, ao tempo em que fortalece a relação do processo de ensino-aprendizagem. O objetivo da pesquisa é avaliar se os cursos de licenciatura em geografia (modalidade presencial) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) campus Petrônio Portela e da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Torquato Neto e Clóvis Moura, ambos localizados no município de Teresina – PI, disponibilizam recursos infraestruturais, humanos e equipamentos tecnológicos que propiciem aos estudantes durante a formação a aquisição de conhecimentos e operacionalização para o uso das geotecnologias em geografia. Atrelado à temática em epígrafe, tem-se como objetivos específicos: (I) Dissertar sobre o ensino e a formação docente em geografia e o uso das geotecnologias como recurso didático na educação superior em Teresina – PI; (II) Descrever as principais geotecnologias a serem utilizadas na geografia da educação superior pública em Teresina – PI; (III) Analisar as condições infraestruturais, equipamentos tecnológicos e recursos humanos da UFPI e UESPI em Teresina – PI, quanto a utilização das geotecnologias como recurso didático no ensino superior; (IV) Abordar as composições das geotecnologias nos currículos de geografia das IES públicas em Teresina – PI. Em termos de metodologia, optou-se pela pesquisa exploratória, que envolve o levantamento bibliográfico e documental, com importância na literatura específica e afim, reforçando o teor teórico-prático da temática em estudo. A pesquisa é caracterizada como estudo de casos e para a coleta de dados utilizou-se os seguintes instrumentos: formulário, entrevista, questionário e registro fotográfico. Quanto ao método adotado foi o indutivo e sua escolha justifica-se pelo fato de que a pesquisa foi realizada nos campi que compõem o recorte espacial da pesquisa e a partir das realidades identificadas, pretendeu-se chegar a um panorama geral. Em síntese, corrobora-se que é latente a necessidade de haver uma formação adequada dos discentes quanto ao tema geotecnologias para que estes possam utilizá-las como prática de ensino em sala de aula. Neste aspecto, é oportuno salientar que para as universidades públicas manter um nível de qualidade dos cursos é fundamental investir constantemente em infraestruturas, espaços físicos, equipamentos e recursos tecnológicos bem como valorizar a formação continuada de seus docentes e na medida do possível agregar as tecnologias na prática de ensino. Ao analisar os cursos de licenciatura em geografia das universidades citadas nesta pesquisa e investigar suas condições de infraestrutura, seus recursos humanos, equipamentos e recursos tecnológicos, Projeto Pedagógico do Curso – PPC, matrizes curriculares, e disciplinas de cada curso de geografia, foi possível identificar como está a qualidade desses cursos e se possuem condições favoráveis para ofertar uma boa formação aos discentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2231533 - EMANUEL LINDEMBERG SILVA ALBUQUERQUE
Interno - 2645480 - MUGIANY OLIVEIRA BRITO PORTELA
Interno - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Externo à Instituição - VIVIANE PEDROSO GOMES - UFPE
Notícia cadastrada em: 26/02/2024 11:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 29/05/2024 08:24