Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIO FERNANDES LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIO FERNANDES LIMA
DATA: 22/04/2019
HORA: 16:00
LOCAL: SALA 08 - ESPAÇO INTEGRADO DO I / CCHL
TÍTULO: FATORES DETERMINANTES DA EVASÃO DOS DISCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO DO CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ: UM ESTUDO DE CASO.
PALAVRAS-CHAVES: Evasão. Ensino Superior. Bacharelado em Turismo. Turismo Regional.
PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:
Este trabalho analisa a evasão no curso de Bacharelado em Turismo no Campus Ministro Reis Velloso (CMRV) da Universidade Federal do Piauí (UFPI), na cidade de Parnaíba/Piauí durante o período de 2014 a 2018. Análises estatísticas preliminares realizadas constataram que neste período, entre os doze cursos do CMRV, o curso de Turismo obteve o terceiro maior índice de evasão, 16,04%. Diante este resultado busca-se os fatores determinantes da evasão, visto que a cidade de Parnaíba/Piauí e as cidades circunvizinhas, além de serem consideradas polos turísticos da região, são cidades com grande potencial de desenvolvimento e expansão do turismo regional (Silva, 2004; Carvalho, 2010; Macêdo, 2011; Ramos, 2012) recebendo turistas de toda parte do território nacional e internacional. A evasão no ensino superior é um fenômeno multiforme e combate-lo precisa ser uma prática constante por parte das Instituições de Ensino Superior (IES), pois desliga o aluno do ambiente acadêmico afastando-o da formação profissional (Silva filho, Montejunas, Hipólito, Lobo, 2007) e provoca prejuízos substanciais às finanças das instituições e para o desenvolvimento socioeconômico da região (Troelsen, Laursen, 2014; Silva Filho et al., 2007; Polydoro, 2000). A metodologia baseia-se em um estudo exploratório com pesquisas bibliográficas em periódicos eletrônicos buscando fazer um apanhado dos mais diversos estudos sobre a razão da evasão apresentando o seu conceito, caracterização e evolução e persistência, desde o registro dos primeiros estudos realizados; baseia-se também em pesquisa documental com consulta à Proposta Pedagógica do curso de Bacharelado em Turismo e; utilização de um questionário online aplicado através desurvey, focado nos alunos evadidos do curso de Turismo no período de 2014 a 2018, com o objetivo de se investigar os fatores causadores da interrupção no ciclo dos estudos. Como forma de tratamento dos dados e análise quali-quantitativa da pesquisa e utiliza-se os softwares estatísticosStatistical Package for the Social Sciences (SPSS) v. 20.0 (investigação quantitativa) e o NVivo (investigação qualitativa).

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2202532 - FABIANA RODRIGUES DE ALMEIDA CASTRO
Externo ao Programa - 1756788 - SAMUEL PIRES MELO
Interno - 1553331 - SHAIANE VARGAS DA SILVEIRA
Notícia cadastrada em: 12/04/2019 14:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 09/12/2022 03:24