Notícias

Banca de DEFESA: RAIZA LORENA R DE AGUIAR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAIZA LORENA R DE AGUIAR
DATA: 20/07/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Química
TÍTULO:

Determinação total e biodisponível de Ca, Fe, Mg e Zn em carne bovina da raça curraleiro pé-duro. 


PALAVRAS-CHAVES:

Gado Pé-Duro; Espectrometria de Absorção Atômica; Metais; Biodisponibilidade.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Métodos Óticos de Análise
RESUMO:

O gado curraleiro Pé-Duro (CPD) é um patrimônio histórico e cultural do Estado

do Piauí. Os animais pertencentes a esta raça são normalmente dóceis e

rústicos e adaptam-se facilmente a regiões de clima semiárido como o sertão

do nordeste do Brasil. Sua carne é macia, suculenta e de sabor agradável

(qualidade sensorial), porém não há estudos que descrevam a qualidade

nutricional deste alimento, assim, este trabalho visa avaliar os teores totais e o

percentual biodisponível de Ca, Fe, Mg e Zn em amostras da carne de gado

Pé-Duro (CPD1, CPD2 e CPD3) in natura (IN), após o procedimento de cocção

em água deionizada (CA) e cocção em água deionizada com a adição de

temperos (CT) por 30 minutos em panela de pressão de aço inoxidável. Para

determinação dos teores totais as amostras inicialmente foram cortadas em

pequenos pedaços, liofilizadas e moídas em moinho criogênico. Após isto,

cerca de 100mg de cada amostra foi pesada e digerida em forno microondas

com cavidade utilizando a mistura de ácido nítrico/peróxido de hidrogênio 4/2

(v/v). O percentual biodisponível foi avaliado a partir da a simulação da

digestão gastrointestinal empregando o procedimento in vitro proposto por

Millher 1 . A determinação total e bioacessivel de Ca, Fe, Mg e Zn foi realizada

empregando a técnica de espectrometria de absorção atômica em chama (F

AAS). Os resultados obtidos foram comparados com uma amostra de gado

Nelore (N) que foi adquirida no mercado local e analisada nas mesmas

condições. Os teores totais encontrados de Ca, Fe, Mg e Zn nas amostras

CPD1, CPD2 e CPD3 in natura (IN) variaram entre 388,9- 610,8 mg Kg -1 , 53,17-

100,2 mg Kg -1 , 533,3- 1132,6 mg Kg -1 e 95,4- 223,5 mg Kg -1 respectivamente. As

variações dos teores biodisponíveis variaram de de 1,5% - 27,6% mg Kg -1 Ca,

3,4%- 16,5% mg Kg -1 Fe, 14,2%- 44,3% mg Kg -1 Mg e 2,2%- 12,9%mg Kg -1 Zn.

O que confere a carne do gado CPD ser uma ótima opção de alimento, pois

possui teores totais consideráveis e possui teores biodisponíveis relativamente

bons, onde podem suprir as necessidades diáris desses elementos, em uma

alimentação balanceada, para o organismo


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1711665 - NAISE MARY CALDAS SILVA
Interno - 1635927 - EDIVAN CARVALHO VIEIRA
Externo ao Programa - 011.889.043-37 - BENEDITO BATISTA FARIAS FILHO - UNICAMP
Externo à Instituição - EVELINE DE ABREU MENEZES - UNILAB
Notícia cadastrada em: 20/07/2016 16:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 03/08/2020 11:58