Notícias

Banca de DEFESA: HELDENEY RODRIGUES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HELDENEY RODRIGUES DE SOUSA
DATA: 02/03/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do PPGCM
TÍTULO: TRATAMENTO DA ARGILA PALYGORSKITA PELA TÉCNICA DE PLASMA E SUA AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE ADSORÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: argila; nitretação; adsorção
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Físico Química Inorgânica
RESUMO:

A palygorskita é um argilomineral com morfologia fibrosa, que possui estrutura em canal aberto, sendo formada por cristais alongados com camadas do tipo 2:1, duplamente compostas por tetraedros de óxido de silício e uma camada central de octaedro de magnésio, alumínio ou ferro ligado a oxigênio. Por possuir morfologia fibrosa e propriedades físico-químicas, tais como, capacidade de troca iônica, excelente estabilidade e grupos superficiais funcionalizáveis, este argilomineral possui diversas aplicações, como adsorventes, isolante térmico, catalizadores, dentre outros. A literatura reporta diversos métodos de modificação da palygorskita visando melhorar propriedades e aplicações, sendo o tratamentos térmico e químico os mais utilizados. Nas últimas décadas, o tratamento com plasma é descrito como método inovador para a modificação de materiais, a técnica é eficiente no campo da modificação superficial, sendo método rápido, econômico e livre de poluição. Neste estudo, a técnica do plasma a frio foi aplicada para a modificação da superfície da palygorskita, a fim de avaliar a influência do tempo de exposição ao plasma na capacidade de adsorção do fármaco doxazosina e do corante azul de metileno. Este trabalho é o pioneiro ao reportar a aplicação da técnica do plasma no tratamento da palygorskita. A metodologia do trabalho consistiu em avaliar a influência da atmosfera nitretante da técnica de plasma nos intervalos de 2, 4 e 6 horas. Os materiais resultantes foram caracterizados por Difração de Raios X (DRX), Análise Termogravimétrica (TG e DTG), Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier (IV-TF), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectrometria de Energia Dispersiva de Raios X (EDS), Análise de Adsorção e Dessorção de Nitrogênio pelo método de BET. Os resultados comprovaram que a técnica de plasma provocou a modificação superficial da palygorskita, modificando suas microestruturas alterando, portanto sua área superficial e volume dos poros. O estudo de adsorção comprovou que a técnica de plasma influencia na capacidade de adsorção da palygorskita para o fármaco doxazosina e para o corante azul de metileno.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo ao Programa - 6276167 - ROMULO RIBEIRO MAGALHÃES DE SOUSA
Externo à Instituição - ROOSEVELT DELANO DE SOUSA BEZERRA - IFPI
Notícia cadastrada em: 09/12/2017 21:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/08/2020 12:15