Notícias

Banca de DEFESA: JESSICA SARA DE SOUSA MACEDO OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JESSICA SARA DE SOUSA MACEDO OLIVEIRA
DATA: 26/05/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Química
TÍTULO: Constituintes químicos e potencial biológico de Simaba ferruginea A. St.-Hil.
PALAVRAS-CHAVES: Simaba ferruginea. Quantificação. Flavonoides. Quassinoide. Atividade antioxidante. Atividade fotoprotetora
PÁGINAS: 217
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:


Simaba ferruginea A. St.-Hil. (Simaroubaceae) é uma espécie endêmica do cerrado brasileiro, conhecida popularmente como calunga ou féo da terra. Este trabalho relata os constituintes químicos isolados e identificados no extrato etanólico das folhas, a quantificação de quercitrina e ácido elágico nos extratos etanólicos dos galhos (EEGSf), pecíolos (EEPSf) e folhas (EEFSf) e frações diclorometano (FDFSf), acetato de etila (FAEFSf) e aquosa (FAFSf) do extrato etanólico das folhas desta espécie. Adicionalmente foi avaliado o potencial biológico dos extratos e frações. Os compostos isolados a partir do EEFSf foram um quassinoide (1), canferol (2), canferol-3-O-α-L-ramnosídeo (afzelina) (3), quercetina (4), quercetina-3-O-α-L-ramnosídeo (quercitrina) (5), siringaresinol (6), ácido elágico (7), α-glicose (8) e β-glicose (9). Métodos para quantificação de quercitrina e ácido elágico por cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos foram desenvolvidos com base na Resolução RE nº 899/2003 da ANVISA. As curvas analíticas foram construídas com os padrões de quercitrina (8-70 µg mL-1) e ácido elágico (20-90 µg mL-1) e apresentaram boa linearidade (r=0,999) e seletividade. O maior teor de quercitrina foi encontrado na FAEFSf (105,4 mg g-1 de fração), seguida da FDFSf e EEFSf, enquanto que o maior teor de ácido elágico foi obtido na FDFSf (100,38 mg g-1 de fração), seguida dos EEFSf, EEPSf  e EEGSf. No ensaio de sequestro do radical DPPH, o EEFSf e a FAEFSf apresentaram os maiores percentuais de atividade antioxidante, com CE50 de 32,67±0,63 µg mL-1 e 42,00 ± 3,20 µg mL-1, respectivamente, correlacionando-se positivamente com os teores de fenois e flavonoides totais. Todos os extratos e frações apresentaram atividade fotoprotetora, sendo o EEFSf e a FAEFSf os mais ativos. Com exceção do EEGSf, os demais extratos e frações apresentaram indicativo de inibição da enzima acetilcolinesterase. Todos os extratos foram inativos frente às larvas de Aedes aegypti. EEGSf e EEPSf apresentaram citotoxicidade moderada frente à linhagem de célula SF-295 (glioblastoma). O EEGSf foi ativo mais especificamente frente uma única linhagem celular, a HCT-116 (cólon). Este é o primeiro relato destas atividades biológicas investigadas em S. ferruginea, bem como, da ocorrência dos compostos 2, 6 e 7 no gênero Simaba, dos compostos 3, 4, 8 e 9 na família Simaroubaceae e do composto 1 na literatura.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167592 - MARIANA HELENA CHAVES
Interno - 1167257 - ANTONIA MARIA DAS GRACAS LOPES CITO
Interno - 1210376 - SAMYA DANIELLE LIMA DE FREITAS
Interno - 1549302 - SIDNEY GONCALO DE LIMA
Externo à Instituição - JOÃO MARCOS BATISTA JUNIOR - UFSCAR
Notícia cadastrada em: 09/12/2017 21:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 18/01/2020 12:07