Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DARLISSON SLAG NERI SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DARLISSON SLAG NERI SILVA
DATA: 22/02/2019
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Programa de Pós-Graduação em Química
TÍTULO: Estudo da concentração de β-caroteno durante o processo de transesterificação metílica do óleo de buriti (Mauritia flexuosa) e avaliação da estabilidade oxidativa do biodiesel pelo método de Rancimat
PALAVRAS-CHAVES: Buriti, β-caroteno, óleo, biodiesel
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Instrumentação Analítica
RESUMO:

O biodiesel é um biocombustível obtido por meio da reação transesterificação de óleos vegetais ou gordura animal com álcool em meio a um catalisar adequado. Diferente dos combustíveis convencionais que são relativamente inertes, o biodiesel possuí um processo de oxidação mais acelerado, o que muitas vezes torna necessário a adição de antioxidantes. Entre os antioxidantes naturais, o β-caroteno apresenta-se em altas concentrações no buriti (Mauritia flexuosa) e pode contribuir para o aumento da estabilidade oxidativa do biodiesel obtido desse fruto. Diante o exposto, objetivou-se nesse trabalho avaliar a concentração de β-caroteno presente durante o processo de produção do biodiesel de buriti, bem como o estudo da estabilidade oxidativa pelo método de Rancimat. Para a avaliação do melhor tipo de solvente (acetona, etanol, metanol e acetonitrila) aproximadamente 0,1 g da polpa foi submetida ao planejamento de misturas centroide simplex com 10 mL de solução extratora, a mistura foi submetida a agitação de 250 rpm, posteriormente foi centrifugada a 3500 rpm por 10 min e a quantificação do teor de β-caroteno foi realizada por UV-Vis. A medida da estabilidade oxidativa do biodiesel foi conduzida de acordo com a norma EN 14112 empregando o equipamento Rancimat (Metrohm, modelo: 873), utilizando cerca de 3,0 g de amostra sob um fluxo de ar constante de 10 L h-1, nas temperaturas de 90, 100, 110, 120 e 130 °C. Os resultados dos experimentos propostos pelo planejamento foram estudados pelo modelo linear, quadrático e cúbico especial. O modelo cúbico especial foi o que apresentou melhor ajuste e descreve cerca de 98,40 % da variância dos dados, a melhor condição de extração para o β-caroteno foi obtida com a utilização da acetona como solvente, extraindo 706,84 ± 9,65 µg g-1.O teor de β-caroteno encontrado no óleo de buriti foi de 736,56 ± 40,18 µg g-1, após o processo de transesterificação, lavagem e desumidificação do biodiesel, cerca de 672,39 ± 15,56 µg g-1 de β-caroteno se manteve presente. O biodiesel apresentou período de indução de 9,53 h a 110 °C, com um tempo de vida de prateleira a 25 °C de 2545 h. Observou-se que durante o processo de transesterificação ocorreu uma perda relativa de 8,7% no teor de antioxidante e que o biodiesel obtido apresentou estabilidade oxidativa superior ao estabelecido pela EN 14112.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1711665 - NAISE MARY CALDAS SILVA
Interno - 1635927 - EDIVAN CARVALHO VIEIRA
Interno - 2146995 - SAMUEL ANDERSON ALVES DE SOUSA
Externo ao Programa - 1167788 - FRANCISCO CARDOSO FIGUEIREDO
Notícia cadastrada em: 19/03/2019 08:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 18/01/2020 12:23