Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ELINARA SOARES BARROS DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELINARA SOARES BARROS DE SOUSA
DATA: 28/08/2015
HORA: 15:00
LOCAL: SALA DE REUNIÃO DO TROPEN
TÍTULO:

AMBIENTAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL/HABILITAÇÃO EM JORNALISMO DAS UNIVERSIDADES DO PIAUÍ.


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Ambiental. Ambientalização. Jornalismo. Universidade.

Formação Profissional.


PÁGINAS: 112
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A pesquisa tem como objetivo geral apreender como é realizada a ambientalização curricular

dos cursos de Jornalismo das duas universidades do Piauí: Universidade Federal do Piauí

(UFPI) e Universidade Estadual do Piauí (UESPI) (campi Teresina e Picos). É feita uma

pesquisa de campo como método e a análise documental e entrevista como técnicas de

pesquisa. Serão analisados os três eixos da universidade: ensino, pesquisa e extensão. A

pesquisa está em andamento e já foram analisados os projetos de pesquisa e extensão

cadastrados pelos professores lotados no Departamento de Comunicação Social da UFPI e

foram realizadas dezessete entrevistas com docentes das duas universidades, buscando

perceber como os professores abordam a questão ambiental nas disciplinas da grade

curricular, além de analisar a percepção dos mesmos sobre a competência e avaliação quanto

ao conceito de desenvolvimento sustentável abordado nas novas Diretrizes Curriculares para o

Curso de Jornalismo. As hipóteses levantadas no início da pesquisa foram as seguintes: os

professores que ministram disciplinas específicas dos cursos não abordam a questão ambiental

em suas aulas; a ambientalização curricular dos cursos de Jornalismo ofertados pelas

universidades no Estado do Piauí ocorre de modo incipiente; as novas diretrizes curriculares

dos cursos de Jornalismo não apreenderam a importância das questões ambientais para a

formação do profissional de jornalismo. As conclusões parciais se referem somente à dois

eixos da UFPI: pesquisa e extensão. Diante dos dados obtidos, percebe-se que ainda é

incipiente a execução de projetos de pesquisa e que a temática ambiental não é abordada

diretamente, no entanto, dentro das características para considerar um currículo

ambientalizado, os projetos trazem questões interdisciplinares que ampliam o campo de visão

dos alunos que participam da execução desses projetos. Porém, é necessário que se realize

projetos que também abordem a questão ambiental. Quantos aos projetos de extensão, os

dados obtidos revelam que esse eixo é o mais deficiente, considerando, primeiramente, a não

elaboração de projetos voltados para a comunidade. A pesquisa ainda está em andamento,

então é necessário destacar que as conclusões são parciais. As próximas atividades a serem

realizadas é avaliar como se dá a realização desses dois eixos na UESPI e como os projetos

pedagógicos dos cursos de Jornalismo abordam o tema meio ambiente. Logo em seguida, será

avaliado o grau de ambientalização dos cursos de Comunicação Social/habilitação em

Jornalismo a partir de dez indicadores definidos pela Rede ACES.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1167538 - JOSE MACHADO MOITA NETO
Externo à Instituição - MARIA DAS GRACAS TARGINO MOREIRA GUEDES - UFPB
Notícia cadastrada em: 10/08/2015 10:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 27/09/2020 20:38