• O sistema entrará em processo de atualização de funcionalidades às 22:30. Pedimos a todos que salvem seus trabalhos para que não haja transtornos.
    Agradecemos a compreensão, em 15 minutos o sistema estará de volta.
Notícias

Banca de DEFESA: SUELY SILVA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUELY SILVA SANTOS
DATA: 27/03/2018
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Tropen
TÍTULO: IMPACTOS AMBIENTAIS DA IMPLANTAÇÃO DO PERÍMETRO IRRIGADO TABULEIROS LITORÂNEOS DO PIAUÍ SOBRE A AVIFAUNA
PALAVRAS-CHAVES: aves, etnoornitologia, agricultura, sazonalidade
PÁGINAS: 160
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A diminuição de ambientes preservados devido à intensificação da agricultura desenfreada ameaça alterar ainda mais os ecossistemas, afetando diretamente as aves. Os impactos causados por esse tipo de empreendimento sobre a avifauna é um dos temas ambientais pouco estudado. Nesse contexto, objetivou-se identificar os impactos ambientais sobre a avifauna da área do Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos do Piauí - DITALPI no município de Parnaíba, e registrar os saberes etnoornitológicos e ambientais na comunidade Quilômetro 16. O levantamento foi quali-quantitativo. Para o levantamento da avifauna, utilizou-se o método de transecto linear. Além dos registros visuais e auditivos da avifauna, houve também a captura e anilhamento de alguns indivíduos. Os dados junto à comunidade foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com residentes locais. Antes da execução, o trabalho foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa Humana da UFPI/Parnaíba (CAAE 66836217.3.0000.5214). Ao fim dos quatro períodos amostrais foram registradas 140 espécies. A área possui uma composição avifaunística rica e diversa, sendo maioria das espécies residente, insetívora e apresenta baixa sensibilidade a alterações ambientais. No entanto, foram registradas espécies dependentes de ambientes florestais, migratórias, e com algum nível de ameaça. Quanto aos aspectos etnoornitologicos, resultados consistiram 71 pessoas entrevistadas 42 (70%) do gênero masculino e 24 (48%) do gênero feminino com idades entre 18 e 83 anos. Segundo entrevistados, na área de estudo foram contatadas 1493 aves que corresponde a 21 ordens, 35 famílias, 80 espécies. Os homens conhecem mais espécies da avifauna local do que as mulheres. Um percentual bastante representativo (77%) dos entrevistados reportou que o desmatamento foi o principal fator apontado para explicar a redução das aves na região. Em relação a implantação e ampliação do projeto, os entrevistados apontaram que teve aspectos positivos como geração de renda, no entanto considerando os aspectos ambientais os moradores reconhecem a degradação que esse crescimento ocasiona, como o declínio na quantidade de algumas aves e ausência de outros animais na região. Os resultados apontam que a área está sofrendo impacto ocasionado principalmente pela degradação ambiental, devido ao intenso desmatamento e ação antrópica. A população local também apresentou forte conhecimento em relação ao uso destes animais como: recurso trófico, medicinal, sócio afetivo e econômico. E que mesmo os moradores reconhecendo a existência de declínio na quantidade de algumas aves, a prática de manter as aves como animais de estimação, caça e o comércio é presente na região, indicando a importância de medidas mitigatórias e realização de estratégias de conservação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1653145 - ANDERSON GUZZI
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Externo à Instituição - FILIPE AUGUSTO GONÇALVES DE MELO - UESPI
Externo à Instituição - GUILHERME RAMOS DA SILVA - UESPI
Notícia cadastrada em: 02/03/2018 14:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 22:30