Notícias

Banca de DEFESA: ANDRÉIA DE CARVALHO SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRÉIA DE CARVALHO SANTOS
DATA: 21/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA/TROPEN/UFPI
TÍTULO: Efeito da conversão de ecossistemas naturais sobre assembleias de borboletas e a percepção de professores sobre educação ambiental em áreas naturais protegidas
PALAVRAS-CHAVES: Diversidade beta. Áreas Naturais Protegidas. Florestas secas. Relacionamento com a natureza. Atitude ambiental
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Áreas naturais protegidas são consideradas a principal ferramenta de proteção da diversidade biológica e têm se destacado como espaços apropriados para a promoção da Educação Ambiental (EA). Florestas secas tropicais estão entre os ecossistemas mais ameaçados do mundo, contudo, são raramente protegidas, e pouco se sabe sobre sua biodiversidade. Além disso, o uso de áreas naturais protegidas para a EA é ainda frequentemente ignorado. Assim, este estudo teve como objetivo verificar como a conversão de ecossistemas florestais afeta a estrutura de assembleias de borboletas e avaliar a percepção de professores sobre EA em áreas naturais protegidas. No estudo, a perturbação ambiental levou a um aumento da diversidade beta, formando comunidades altamente aninhadas, e afetando principalmente espécies especialistas. Além disso, foi demonstrado que sistemas agrícolas mantem comunidades relativamente similares ao longo do tempo, enquanto ecossistemas florestais apresentam alta substituição de espécies. A percepção dos professores sobre o uso de áreas naturais protegidas para EA foi, em geral, positiva. Contudo, demonstraram menor apoio à prática efetiva de EA nessas áreas. Os resultados sugerem que o nível de relacionamento dos professores com a natureza não foi forte o suficiente para promover atitudes ambientais significativas, o que pode estar refletindo na forma como os professores veem o uso de áreas naturais para o ensino. Assim, dado o valor de florestas secas para a conservação, é sugerido que mais e maiores reservas são necessárias para a proteção da biodiversidade. Além disso, diante da relevância da interação com a natureza, é imprescindível que as pessoas a vivenciem, a fim de criar laços emocionais e estilos de vida ambientalmente responsáveis.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALMERINDA AMÉLIA RODRIGUES ARAÚJO - SEDUC-PI
Externo à Instituição - DANILO BANDINI RIBEIRO - UFMS
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Presidente - 1167867 - PAULO ROBERTO RAMALHO SILVA
Notícia cadastrada em: 09/02/2019 20:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 27/09/2020 10:47