Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SAMIA NATACIA PINTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAMIA NATACIA PINTO
DATA: 25/07/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO:

EFEITO DE DEJETO LÍQUIDO DA SUINOCULTURA NOS ATRIBUTOS QUÍMICOS DE SOLO EM DIFERENTES PROFUNDIDADES E ÉPOCAS DE COLETA


PALAVRAS-CHAVES:

Rejeitos. Fertilidade do solo. Nutrientes. 


PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

As alternativas de reciclagem de dejetos de suínos, mais adotados nas regiões de cerrado são as adubações para produção de grãos e forragens. O aproveitamento integral e racional de todos os recursos disponíveis dentro da propriedade rural, com a introdução de novas tecnologias, aumenta a estabilidade dos sistemas de produção, bem como maximiza a eficiência dos mesmos, reduzindo custos e melhorando a produtividade. Sistemas de produção agropecuários dão origem a vários tipos de resíduos orgânicos, em especial os suínos, onde corretamente manejados e utilizados, revertem-se em fornecedores de nutrientes para a produção de alimentos e condicionantes das condições físicas, químicas e biológicas do solo, devido estes fatores objetivou-se com este trabalho avaliar atributos químicos de um solo cultivado com a cultura do milho utilizando doses crescentes de dejetos líquidos da suinocultura (DLS). O delineamento escolhido foi em blocos - DBC, com três repetições, distribuídos em esquema fatorial 5 x 2 x 3, constituindo 5 doses de dejeto líquido da suinocultura: D1 (sem dejeto); D2 (25 m3 ha-1) D3 (50 m3 ha-1 ); D4 (75 m3 ha-1); D5 (100 m3 ha-1)  em duas profundidades de solo P1 (0 a 15 cm)  e P2 (15 a 30 cm) e três períodos de coleta: época I, época II e época III. Foram aplicados 100% do dejeto líquido suíno em fundação. A partir dessas amostras avaliaram-se, condutividade elétrica (CE),  pH em água (pH), soma bases (SB), fósforo disponível (P), cálcio (Ca), magnésio (Mg), potássio (K), sódio (Na), acidez potencial (H+Al), alumínio trocável (Al), determinados ao final do experimento. A aplicação de doses de dejetos de suíno promoveu aumentos nos teores de Ca, Mg, P, CE, SB, CTC efetiva no solo nas camadas de 0-15 cm. O teor saturação por Al se manteve constante na época III, após aplicação de diferentes doses do resíduo orgânico, porém, nas épocas I e II, houve aumento proporcional dos teores de H+Al em relação às doses aplicadas. O pH, CE e o P do solo não foram influenciados pelas doses de dejetos químicos da suinocultura. Nos diferentes períodos coletados o maior valor de cálcio, magnésio, soma de base, capacidade de troca de cátions efetiva, foi encontrado na época III. Para os valores de CTC a pH 7,0-(T) o maior valor foi na época II, sendo o menor valor observado na época III. Para os teores de fósforo, condutividade elétrica não houve significância a 5% de probabilidade pelo teste F.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1552372 - LUIS ALFREDO PINHEIRO LEAL NUNES
Interno - 2058762 - ARTENISA CERQUEIRA RODRIGUES
Interno - 1969948 - CARLOS JOSE GONCALVES DE SOUZA LIMA
Notícia cadastrada em: 19/07/2016 10:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 22/06/2021 07:58