Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RAIMUNDO RODRIGUES DE BRITO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAIMUNDO RODRIGUES DE BRITO
DATA: 06/03/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Núcleo de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
TÍTULO:

Dinâmica da decomposição de palhada e análise morfofisiológica da cultura da cana-de-açúcar no município de União-PI


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

Saccharum officinarum, matéria orgânica, ciclagem de nutrientes.


PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Objetivando avaliar a quantidade mínima de palhada a ser mantida no campo, de forma a otimizar a produtividade da cana-de-açúcar a partir da dinâmica da decomposição de palhada e análise morfofisiológica da cultura da cana-de-açúcar, foi realizado um ensaio na Usina Comvap, no município de União – PI, no período de Julho de 2013 a Julho de 2014. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos completos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos constituídos pelos percentuais de palhada produzida na área pelo cultivo do ano anterior T=0% (0 Mg ha-1), T=25% (4,19 Mg ha-1), T=50% (9,54 Mg ha-1), T= 75% (13,04 Mg ha-1) e T=100% (18,38 Mg ha-1). Foram avaliados o comportamento morfológico e fisiológico das plantas, a produtividade de colmos e a qualidade tecnológica do caldo da cana-de-açúcar. Utilizou-se a cultivar SP813250 oriunda da quarta soca. A biometria foi realizada mensalmente, por amostragem destrutiva, medindo-se o número de perfilhos por metro linear, comprimento e largura da folha +3, numero de internódios, altura e diâmetro dos colmos, número de folhas verdes e peso de matéria seca com as quais efetuou-se a estimativa do índice de área foliar (IAF), a taxa de crescimento da cultura (TCC) e a taxa de crescimento relativo (TCR). A diagnose foliar foi realizada aos 120 dias após o corte da safra anterior, como também analise de decomposição da palhada e, por ocasião da colheita, quantificou-se a produtividade de colmos e a qualidade tecnológica do caldo (ºBrix, açúcares redutores totais (ATR), teor de fibra e pureza do caldo). Os tratamentos apresentaram respostas diferenciadas para decomposição da palha. Os níveis de palha de 9,54 a 18,38 t/ha apresentaram melhores resultados na disponibilização de nutrientes. Os melhores desempenhos morfológicos e fisiológicos das plantas foram observados para os níveis de 13,04 e 18,38 Mg ha-¹. Houve aumento significativo na resposta produtiva da cana-de-açúcar a partir de 25% de fornecimento de palha no solo. As análises tecnológicas não foram influenciadas pelos tratamentos.

 



MEMBROS DA BANCA:
Interno - 304.796.653-20 - ADERSON SOARES DE ANDRADE JUNIOR - USP ESALQ
Externo ao Programa - 2587236 - CARLOS HUMBERTO AIRES MATOS FILHO
Presidente - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Externo à Instituição - MARUZANETE PEREIRA DE MELO - UFPI
Notícia cadastrada em: 11/02/2015 17:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 22/06/2021 07:59