Notícias

Banca de DEFESA: ABDON ERES DA SILVA NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ABDON ERES DA SILVA NETO
DATA: 29/04/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de aula do PPGHB
TÍTULO: “ASSIM COMO NASCIA O SOL, NASCIA TAMBÉM ÁGUA BRANCA”: O processo de emancipação política de Água Branca-PI (1954 – 1957).
PALAVRAS-CHAVES: Água Branca (PI). Emancipação. Município. Memórias.
PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

Como aconteceu o processo de emancipação política de Água Branca e como repercutiu entre os moradores? Para responder a essa pergunta consideramos que a criação de municípios aconteceu dentro de uma realidade social específica a qual tivemos acesso considerando o conceito de representação de Roger Chartier, para assim entender como as unidades municipais eram vistas na década de 1950, as apropriações daí decorrentes e as práticas oriundas, nas quais a criação de municípios foram inseridas. Para a análise da construção desse espaço definido como cidade, usamos a proposição de Sandra Jatahy Pesavento: a cidade além de materialidade é também uma sociabilidade e uma sensibilidade. Água Branca que tentamos apresentar ao leitor perpassa as questões espaciais e materiais e, como já mencionado, penetra no universo do sensível, das formas de querer ser e estar no social. Como fontes utilizamos as atas da Assembleia Legislativa do ano de 1954, o Código de Posturas e as atas da Câmara Municipal de Água Branca de 1954 a 1957. Empregando a metodologia da História Oral, através da qual utilizamos a técnica da entrevista, construímos nossas fontes orais, atentos aos ensinamentos de Verena Alberti e Paul Thompson. As narrativas daí decorrentes foram analisadas com base em Maurice Halbwachs que afirma que recordamos a partir do ponto de vista da coletividade. Contudo, não deixamos de considerar que é o individuo que lembra e, neste ponto, as reflexões de Michael Pollak nos chamam a atenção por realçar a ação do indivíduo, cujo ato de lembrar é também uma “reconstrução de si”. O estudo de Ecléa Bosi sobre memórias de velhos também nos foi bastante significativo, ampliando nossa visão sobre esses sujeitos históricos que “já trabalharam por seus contemporâneos e por nós”. Dentro do recorte de 1954 a 1957, justificado pelo ano da emancipação (1954) e pela duração do primeiro mandato municipal (1955-1957), organizamos o trabalho em três capítulos: o primeiro compreende como aconteceu o trâmite legal e social que possibilitou a criação do município de Água Branca; o segundo discute como se deu organização do município nos primeiros anos após a emancipação política e o terceiro entende como a criação do município repercutiu na vida dos moradores


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTONIO PAULO MORAIS REZENDE - UFPE
Presidente - 423663 - FRANCISCO ALCIDES DO NASCIMENTO
Interno - 2641905 - MARYLU ALVES DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 22/04/2019 11:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/06/2020 06:19