Notícias

Banca de DEFESA: JANNEFRANCE GONÇALVES DA COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANNEFRANCE GONÇALVES DA COSTA
DATA: 28/08/2014
HORA: 09:00
LOCAL: SALA DE AULA DA PPGHB / CCHL
TÍTULO:

CRIANÇAS E URUBUS:representações imagéticas e discursivas no jornal O Dia no período de 1986 a 1991

 

 


PALAVRAS-CHAVES:

Representação, Criança, Jornal Impresso.


PÁGINAS: 86
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

 

Este trabalho reflete sobre as representações imagético-discursivas das crianças piauienses no jornal “O Dia” no período de 1986 a 1991 O noticioso impresso “O Dia” é um dos jornais de grande circulação no estado do Piauí, edificador diário de uma memória oficial e oficiosa do que é relevante rememorar e esquecer. Parti em busca dos vestígios das crianças na imprensa escrita no intento de investigar como o olhar dessa imprensa as representa nos textos e as capta nas lentes fotográficas. Nas análises conotativas e denotativas realizadas por Barthes (1990) e nos discursos de Foucault (2000) encontramos as ferramentas metodológicas para realizar um estudo das representações produzidas sobre as crianças piauienses. Alguns eventos ocorridos na década de 1990 são emblemáticos para as crianças brasileiras, a exemplo da publicação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) - Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 -, que se destina a proteger integralmente os direitos desse público, constantemente evidenciados e ameaçados na mídia contemporânea, sobretudo em razão das crescentes discussões acerca da redução da maioridade penal. O olhar dos Poderes Públicos para a criança abandonada e delinquente é uma questão secundária ou mesmo invisibilizada por esses poderes. Os indícios dos rastros grafados no jornal “O Dia” que representaram a criança de Teresina no período delimitado suscitaram o interesse por esta investigação e delinearam o problema da pesquisa, que consiste no seguinte questionamento:  É em busca dessas imagens fotográficas e discursos sobre as crianças impressos no jornal O Dia o nosso problema. Dessa maneira a presente investigação além de contribuir com a produção historiográfica local, pretende desvelar a fabricação de modelos e ideais de crianças, como também problematizar as maquinarias que as fabricam e as aprisionam historicamente.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423663 - FRANCISCO ALCIDES DO NASCIMENTO
Interno - 2174309 - PEDRO VILARINHO CASTELO BRANCO
Notícia cadastrada em: 20/08/2014 11:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 02/06/2020 06:10