Notícias

Banca de DEFESA: SABRINA ALMONDES TEIXEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SABRINA ALMONDES TEIXEIRA
DATA: 09/03/2017
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Nutrição
TÍTULO: FILME COMESTÍVEL DE GALACTOMANANA (Caesalpinia pulcherrima) E ÓLEO DE BURITI (Mauritia flexuosa L.) PARA CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS
PALAVRAS-CHAVES: Polímeros; Caesalpinia pulcherrima; Mauritia flexuosa; Filme comestível; conservação de alimentos.
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Ciência de Alimentos
RESUMO:

Este estudo objetivou desenvolver um filme comestível, direcionado à conservação de alimentos, tendo como base a associação de polímeros de duas espécies da flora brasileira, a galactomanana extraída do flamboianzinho (C. pulcherrima) e óleo do buriti (M. flexuosa L.). Para isto, buscou-se avaliar a qualidade das matérias-primas utilizadas, verificar a máxima dissolução do óleo de buriti a ser utilizada no delineamento experimental, avaliar a atividade antimicrobiana do produto, enquanto solução filmogênica, e caracterizar os filmes comestíveis quanto ao rendimento, gramatura, espessura, umidade, solubilidade e permeabilidade ao vapor de água. A galactomanana foi isolada por extração aquosa seguida de precipitação em etanol, obtendo um baixo nível de impureza (0,27%) e umidade (2,43%). Na caracterização do óleo de buriti refinado, foi verificada adequação com a legislação vigentes, assim como em relação aos dados encontrados na literatura. O teste preliminares para definir a máxima dissolução do óleo de buriti na solução filmogênica, foi baseado em diferentes formulações resultantes de um delineamento de composto central rotacional (DCCR) com esquema fatorial 3x3, o qual teve como variáveis independentes as concentrações de óleo de buriti e de glicerol como plastificante, mantendo-se constante a concentração de galactomanana. A partir deste, definiu-se a concentração máxima do óleo de buriti utilizada no experimento, sendo esta de 0,5%. Apesar do óleo de buriti possuir atividade antimicrobiana, relatada por inúmeros estudos, não verificou-se esta ação para nenhuma das cepas testadas, em nenhuma das formulações. Na caracterização dos filmes comestíveis, verificou-se que o aumento da concentração de óleo de buriti estava diretamente relacionada a melhores características quanto a gramatura, espessura e solubilidade. Para todos os tratamentos observou-se permeabilidade ao vapor de água com valores de moderados a baixos, caracterizando-os como filmes de grande espectro de aplicação em alimentos. De modo geral a baixa concentração de óleo de buriti incorporado aos filmes pode ter prejudicado a evidência de possíveis funcionalidades do mesmo, havendo necessidade de otimização do produto, a fim de potencializar especialmente a atividade antimicrobiana.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1167788 - FRANCISCO CARDOSO FIGUEIREDO
Presidente - 423411 - MARIA CHRISTINA SANCHES MURATORI
Interno - 1555913 - STELLA REGINA ARCANJO MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 07/03/2017 09:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 13/08/2020 02:38