Notícias

Banca de DEFESA: THAIS CRUZ RAMALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAIS CRUZ RAMALHO
DATA: 03/03/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Nanopartículas de zeína para melhoria da biodisponibilidade oral e atividade do propranolol frente ao sistema nervoso central
PALAVRAS-CHAVES: Nanotecnologia, Nanoesferas, Polímero do Milho, Beta-Bloqueador, Alzheimer, Ansiedade.
PÁGINAS: 137
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

As doenças que atingem o sistema nervoso central (SNC) são extremamente debilitantes que podem prejudicar a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. Mesmo que vários medicamentos estejam disponíveis para tratar ou controlar estas doenças, os seus efeitos terapêuticos são limitados pela baixa biodisponibilidade, efeitos adversos e pela presença da barreira hematoencefálica (BHE). O propranolol é um β-bloqueador de caráter lipofílico com capacidade de atravessar a BHE. Inicialmente desenvolvido para o tratamento da hipertensão arterial, também apresenta efeitos ansiolíticos, melhora da cognição e do Alzheimer. A baixa biodisponibilidade do propranolol (cerca de 25%) é o grande desafio a ser vencido para aperfeiçoar seu desempenho na terapêutica por via oral. Uma forma de vencer esse desafio é com o uso da nanotecnologia, principalmente as nanoparticulas poliméricas, que vêm sendo utilizadas para controlar a liberação de fármacos e/ou aumentar a concentração de fármacos no sítio específico. Dependendo do polímero (a exemplo da zeína) utilizado na formação das nanopartículas, a mesmas podem apresentar propriedades mucoadesivas quando administradas oralmente, favorecendo a absorção gastrointestinal do fármaco e aumentando a sua biodisponibilidade. Dessa forma, nanopartículas de zeína contendo propranolol (NZP) foram desenvolvidas e caracterizadas visando garantir uma liberação sustentada para melhorar a biodisponibilidade do fármaco e a atividade frente ao sistema nervoso central. Primeiramente, foi realizado um levantamento bibliográfico para integrar um artigo de revisão sobre estudos de formulações orais contendo agentes terapêuticos incorporados em lipossomas, micelas, nanoemulsões e nanopartículas utilizadas na pesquisa para a terapia de doenças que atingem do SNC. Foram observados resultados promissores com a utilização destes nanotransportadores em facilitar a permeabilidade através da BHE, melhorar a concentração de fármacos no cérebro, potencializando seus efeitos terapêuticos. Em segundo passo, foram preparadas NZP, compostas por zeína, lisina e propranolol solubilizados em etanol a 60%, pelo método de deslocamento de solvente, seguida de secagem por spray drying. Neste estudo foi avaliado adicionalmente o efeito das diferentes proporções fármaco-polímero (1:10 a 1:40, m/m) sobre as características físico-químicas do nanoestruturado de propanolol. Determinado o tipo crioprotetor ideal e a influência do tampão citrato na liofilização das nanopartículas. Os resultados mostraram que o tamanho de partícula, índice de polidispersão e potencial zeta variaram de 193,10 ± 6,60 nm a 276,20 ± 6,20 nm, 0,06 ± 0,07 a 0,28 ± 0,23 e -59,90 ± 4,40 mV a -65,60 ± 0,40 mV, respectivamente. Após a liofilização, a NZP-L1 (1:10 m/m) apresentou um rendimento de 56,03% e playload de 75,34 µg/mg. Além disso, a formulação nanoparticulada apresentou maior estabilidade de longo prazo na forma líquida do que secas por spray drying ou liofilização. No estudo de citotoxicidade pelo ensaio de MTT, a NZP não alterou significativamente a viabilidade das células de câncer de mama murino. Desta forma, por ser um nanossistema formado a partir de um polímero natural, biocompatível, biodegradável e atóxico, com propriedades que irá facilitar e aumentar a biodisponibilidade do fármaco ao tecido alvo, este permitirá o seu uso oralmente em modelos experimentais para avaliar o efeito do propranolol sobre o SNC.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1549662 - HERCILIA MARIA LINS ROLIM
Interno - 2199134 - MARCILIA PINHEIRO DA COSTA
Externo à Instituição - MARIANE CAJUBÁ DE BRITTO LIRA NOGUEIRA - UFPE
Interno - 1638239 - PAULO MICHEL PINHEIRO FERREIRA
Notícia cadastrada em: 24/02/2021 10:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 03:35