Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LIZANDRA DE SOUSA LUZ DUARTE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LIZANDRA DE SOUSA LUZ DUARTE
DATA: 25/01/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório 2 da pós-graduação
TÍTULO: Teores naturais e valores de referência de qualidade para metais pesados em solos das mesorregiões Norte, Centro-norte e Sudeste do estado do Piauí
PALAVRAS-CHAVES: “background” geoquímico, valores orientadores, poluição do solo
PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Ciência do Solo
RESUMO:

As mesorregiões Norte, Centro-norte e Sudeste do estado do Piauí comportam a grande maioria da população, abrigam uma boa parcela das indústrias e apresentam o maior crescimento populacional do estado. Este crescimento populacional, a alta demanda por produtos industrializados e o descarte de resíduos gerados pela população são uma ameaça ao equilíbrio ambiental, em especial para o solo, receptor desses resíduos, muitas vezes ricos em elementos potencialmente tóxicos como metais pesados. Esses metais podem interferir nos processos naturais, tornando-se um risco à saúde de plantas, animais e humanos. Assim, o Conselho Nacional do Meio Ambiente por meio da Resolução nº 420 de 2009, determinou que cada estado da federação determinasse, a partir dos teores naturais de metais no solo, os respectivos Valores de Referência de Qualidade (VRQs), para auxiliar os órgãos de controle ambientais na fiscalização, legislação e planejamento ambiental de áreas sob risco de contaminação. Assim, o objetivo deste trabalho foi estabelecer as concentrações naturais e os VRQs para os metais Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mo, Ni, Pb, Sb, V e Zn em solos das mesorregiões Norte, Centro-norte e Sudeste do estado do Piauí. As amostras foram coletadas em 146 locais, em áreas de baixa interferência antrópica, na camada de 0,0 – 0,2 m utilizando trados de material inoxidável. Em seguida as amostras foram secas, peneiradas e maceradas, posteriormente digeridas pelo método 3051A da USEPA e os metais foram determinados por espectrometria de emissão óptica (ICP-OES). Os dados foram analisados através de métodos estáticos descritivos e após a retirada de valores anômalos com auxílio de gráficos “boxsplot” os VRQs foram estipulados. Em geral os solos das mesorregiões estudadas apresentaram teores de metais pesados menores que os encontrados em outros estados brasileiros, o que atesta a necessidade de regionalização dos VRQs, como determina o Conselho Nacional do Meio Ambiente. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2100352 - CACIO LUIZ BOECHAT
Externo à Instituição - JORGE ANTONIO GONZAGA SANTOS - UFRB
Interno - 2231082 - JULIAN JUNIO DE JESUS LACERDA
Notícia cadastrada em: 21/01/2019 16:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 24/07/2024 14:49