Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SELLES GUSTAVO FERREIRA CARVALHO ARAUJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SELLES GUSTAVO FERREIRA CARVALHO ARAUJO
DATA: 22/08/2018
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de video conferencia
TÍTULO: Realocação de Circuito ciente dos Efeitos de Camada Física em Redes Ópticas Elásticas
PALAVRAS-CHAVES: Redes Ópticas Elásticas. Realocação de Circuitos Ópticos. Camada Física.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

As redes ópticas elásticas (Elastic Optical Networks - EON) surgiram para lidar com o crescente tráfego de dados na Internet. Tais redes proporcionam flexibilidade no atendimento de requisições com diferentes taxas de bits. Essa flexibilidade permite eficiência na utilização dos recursos da rede. Os recursos são alocados a partir de algoritmos RMLSA, o qual define a rota, a modulação e a faixa de espectro para um novo circuito. Entretanto, com a alocação e finalização de circuitos a todo momento, soluções RMLSA podem não ser encontradas e requisições podem ser bloqueadas. A partir disto, surge a fragmentação, na qual se torna um problema recorrente das redes ópticas elásticas e contribui significativamente para o bloqueio de requisições. O problema da fragmentação consiste da não contiguidade e/ou continuidade de blocos livres de slots no espectro. Para lidar com tal problema, algoritmos de desfragmentação foram propostos na literatura com o objetivo realocar circuitos para gerar faixas contíguas de espectro. Porém, ao levar em conta as imperfeições de camada física, o problema relacionado à qualidade de transmissão (Quality of Transmission - QoT) dos circuitos se torna mais significativo comparado ao problema da fragmentação. Ou seja, as maiores causas de bloqueios são relacionadas à QoT das conexões. E para mitigar problemas relacionados à QoT, realocações de circuitos podem ser realizadas visando a diminuição de bloqueios de camada física. Portanto, este trabalho apresenta o problema de realocação de circuitos ciente dos efeitos de camada física e, para este, uma solução denominada R-RQoT (Realocação de circuitos para Redução de bloqueios relacionados à QoT). A estratégia R-RQoT foi aplicada a dois algoritmos cientes de camada física: K - Shortest Path Computation (KS-PC) e K - Shortest Path with Reduction of QoTO (KSP-RQoTO). Para a avaliação de desempenho, utilizou-se cenário dinâmico sob diferentes cargas de tráfego em duas topologias distintas: NSFNet e EON. As métricas utilizadas para análise foram a probabilidade de bloqueio de circuitos e probabilidade de bloqueio de banda. Em termos de probabilidade de bloqueio de circuitos, por exemplo, os algoritmos KS-PC e KSP-RQoTO apresentaram respectivamente reduções de até 29,75% e 44,06% para a topologia NSFNet. Estas reduções foram obtidas realocando apenas 12,01% dos circuitos ativos para o KS-PC e 16,47% para o KSP-RQoTO. Já para a topologia EON, ocorreu uma redução de até 49,42% para o KS-PC e 31,91% para o KSP-RQoTO. O percentual de circuitos realocados para a topologia EON foi de até 13,34% e 11,50% para os algoritmos KS-PC e KSP-RQoTO, respectivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1632612 - ANDRE CASTELO BRANCO SOARES
Interno - 2619458 - ERICO MENESES LEAO
Interno - 1732950 - JOSE VALDEMIR DOS REIS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 01/08/2018 14:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/07/2019 21:21