Notícias

Banca de DEFESA: ANIK DE ASSUNÇÃO OLIVEIRA SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANIK DE ASSUNÇÃO OLIVEIRA SOUSA
DATA: 15/09/2018
HORA: 16:00
LOCAL: Universidade Federal do Piauí
TÍTULO: RENDILHANDO MEMÓRIAS: uma proposta de interpretação do patrimônio cultural
PALAVRAS-CHAVES: Educação; Sociedade; Interpretação Patrimonial
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

A cidade de Parnaíba no Piauí tem uma localização geográfica privilegiada - Delta do Parnaíba; é banhada pelo rio Igaraçu, que contribuiu para criar uma rica e complexa rede de comércio interno e externo por via fluvial e marítima, via de acesso ao oceano Atlântico. A urbe tem a sua história atravessada pelo ciclo do gado e produtos do sertão; uma gama de fatores lhes concedeu uma atmosfera culturalmente vasta e rica de sentidos e significados, que ainda permanecem nas histórias e memórias daqueles que habitam este território. Em 2008, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, tombou o Conjunto Histórico e Paisagístico da Cidade - um museu a céu aberto, caracterizado por uma paisagem cultural singular, refletida nas águas do rio Igaraçu, com seu colar de carnaúbas, o seu rico casario datado de meados do século XVIII, com lugares, celebrações, modos de saber-fazer, formas de expressão, que completam a sua atmosfera sociocultural. Em 2018, o tombamento completa 10 anos, mas detectamos ausências de políticas públicas de educação para o patrimônio cultural; não há gestão efetiva nas três esferas públicas – federal, estadual e municipal, há abandono das áreas tombadas, localizadas no Centro Histórico da Cidade. Diante dessa realidade, estudamos e intervimos com ações socioeducativas, com o fito de sensibilizar os residentes para o conhecimento, reconhecimento e valorização da paisagem cultural da cidade, permitimos experiências que estimularam um exercício da percepção urbana, estética, de descoberta e redescoberta do Patrimônio Cultural. Por sua natureza profissional, o Programa de Pós-graduação em Artes, Patrimônio e Museologia exige a concepção, desenvolvimento, aplicação e avaliação de produtos e/ou serviços como Trabalho Final, assim, o projeto-ação “Rendilhando Memórias” se materializa em um conjunto de ações, produtos e atividades de interpretação do patrimônio cultural, meio de comunicação estratégico e provocativo, para despertar os residentes a olharem o protegerem o patrimônio cultural, elemento de cidadania e sustentabilidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423686 - AUREA DA PAZ PINHEIRO
Externo ao Programa - 1360694 - MARIA PATRICIA FREITAS DE LEMOS
Interno - 217.303.853-20 - RITA DE CÄSSIA MOURA CARVALHO - ULB
Notícia cadastrada em: 05/09/2018 16:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 25/05/2020 04:57