Notícias

Banca de DEFESA: ERICKA MARIA CARDOSO SOARES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERICKA MARIA CARDOSO SOARES
DATA: 06/08/2019
HORA: 16:00
LOCAL: sala da PREX
TÍTULO: ATENDIMENTO OBSTÉTRICO VERSUS SISTEMA DE REGULAÇÃO DE LEITOS EM UMA MATERNIDADE DE REFERENCIA A GESTAÇÃO DE ALTO RISCO
PALAVRAS-CHAVES: saúde da mulher; obstetrícia; assistência a saúde; serviços de saúde materno-infantil
PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Cirurgia
RESUMO:

As Redes de Assistência á Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde foram definidas como arranjos organizativos de ações e serviços de saúde. O Ministério da Saúde em sua publicação sobre Implantação das Redes de Atenção à Saúde da ênfase as diretrizes da Política de Regulação por meio da Portaria MS/GM nº 1.559, de 1º de agosto de 2008. O objetivo deste trabalho foi analisar os atendimentos obstétricos regulados para uma maternidade de referência a gestação de alto risco no Estado do Piauí. Os resultados obtidos apontaram que o maior percentual de atendimentos na classificação de risco da Maternidade em estudo foi 74,19% (confirmado), 25%(não confirmado) e 0,81%(modificado); Na população em estudo ocorreu predominância para o atendimento regulado de 12,10% para pré eclampsia grave, seguido de 10,48% para pré eclampsia não especificada, 10,48% para trabalho de parto pré-termo sem parto e 8,87% para Ruptura prematura de membranas, não especificada; os atendimentos médicos obstétricos realizados na maternidade em estudo apontaram que 74,19%(confirmados) dos atendimentos regulados se enquadravam no perfil de alto risco, 24,19%(não confirmado) não apresentaram critérios que os definisse como alto risco e 1,61%(modificado). Ao associar as ficha de classificação de risco e ficha de atendimento de urgência e emergência foi verificada a existência de associação estatisticamente significativa entre ambas. Tais achados permitirão o aprimoramento da assistência obstétrica em Rede de Atenção à Saúde com a reorganização do fluxo de referência de forma adequada, bem como servirá de apoio técnico para a implantação e aperfeiçoamento do acolhimento com classificação de risco nas maternidades.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 665.904.343-87 - LORENA CITO LOPES RESENDE SANTANA - UFPI
Interno - 328.178.603-06 - KELSEN DANTAS EULALIO - UFPI
Interno - 1167577 - LIS CARDOSO MARINHO MEDEIROS
Externo à Instituição - JOAQUIM VAZ PARENTE - SESAPI
Notícia cadastrada em: 31/07/2019 18:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 31/03/2020 11:07