Notícias

Banca de DEFESA: ANA AMABILE GABRIELLE RODRIGUES LEITE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA AMABILE GABRIELLE RODRIGUES LEITE
DATA: 10/09/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de reuniões da Direção do Campos
TÍTULO: Representações Sociais da Robótica Educacional: estudo comparativo entre professores de escolas da rede de ensino privada
PALAVRAS-CHAVES: Representações sociais; Robótica educacional; Professores; Ensino Privado.
PÁGINAS: 169
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A integração das novas tecnologias no contexto educacional surge como uma proposta de complemento ao processo de ensino e aprendizagem no atual contexto tecnológico em que se encontra a educação brasileira. De acordo com o Guia de Tecnologias Educacionais, desenvolvido pelo Ministério da Educação, surge, no contexto educacional, a inserção de robótica como uma ferramenta para o ensino. Diante disso, torna-se preciso atentar para as representações que os professores, indivíduos inseridos em sala de aula e em sociedade, possuem desta inserção, Desta forma, essa dissertação objetiva analisar, com caráter, as representações sociais da robótica educacional entre os professores de duas escolas da rede de ensino privada, que possui a robótica educacional e outra escola que não a possui a robótica educacional em seu contexto escolar. Para respaldar teórico-metodologicamente este estudo, utilizou-se o referencial da Teoria das Representações Sociais proposta por Moscovici em 1961. Participaram da pesquisa 40 professores da rede de ensino privada da cidade de Parnaíba, 20 que possuem a robótica educacional em seu contexto e 20 que não possuem a robótica. Para o levantamento de dados, utilizou-se o Teste de Associação Livre de Palavras com a palavra, entrevista semiestrutura e o questionário sociodemográfico. Para realização da análise de dados, utilizou-se a análise de redes semânticas e análise de conteúdo temática de Bardin. A estrutura desta dissertação se organiza em torno de três estudos, que investigam respectivamente as representações sociais da robótica educacional, das novas tecnologias e aprendizagem no cenário educacional atual. Os dados levantados nos estudos demostram que o grupo que possui robótica educacional em seu contexto, representa a robótica educacional e as novas tecnologias com termos voltados para sua aplicabilidade prática, atribuindo a estas, representações de transformação, aprendizagem e avanço. Enquanto que os professores que não a possuem em seu contexto, atribuem a estas, representações veiculadas pela mídia e pelos insumos tecnológicos presente em sua realidade diária. Além disso, as representações destes professores sobre aprendizagem remetem ao ensino em duas abordagens, os professores que possuem robótica educacional a representam por um viés das abordagens construtivistas e os professores que não possuem robótica educacional em seu contexto, por um viés das abordagens instrucionistas. Apesar das diferentes representações em seus núcleos de rede. Os professores de ambos os grupos representam a robótica educacional e as novas tecnologias como uma ferramenta que auxilia no processo de ensino e aprendizagem, representando a aprendizagem enquanto um processo de ação contínua que necessita de estimulação e interação mediada para ocorrer. Espera-se que este estudo possa contribuir para a formação de futuros professores mediante a integração das novas tecnologias no contexto escolar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - LUCIANA MARIA MAIA VIANA - UNIFOR
Presidente - 1551072 - LUDGLEYDSON FERNANDES DE ARAUJO
Interno - 1867530 - SANDRA ELISA DE ASSIS FREIRE
Notícia cadastrada em: 23/08/2018 10:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 05:45