Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LANA CARINE SOARES DIAS CAMELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LANA CARINE SOARES DIAS CAMELO
DATA: 21/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Universidade Federal do Piauí (PSIQUED)
TÍTULO: Mulheres idosas e suas concepções psicossociais da depressão: um estudo das representações sociais
PALAVRAS-CHAVES: representações sociais; depressão; mulheres idosas
PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A população brasileira está atravessando uma importante transição demográfica, na qual a população idosa está crescendo rapidamente. Diante desse fenômeno, outras demandas surgem ou se ampliam, destacando-se na presente dissertação a feminização da velhice, que se relaciona a maiores taxas de mulheres idosas na população e os desafios vivenciados por estas. Dentre estes desafios encontra-se a carga de doenças enfrentadas pelas idosas, a solidão e os papeis sociais impostos a elas, além do fato de que estudos apontam que idosas vivem em condições menos favoráveis do que a de homens idosos, o que afeta a sua saúde mental e emocional. Diante do exposto, observou-se a necessidade de estudar a percepção dessas mulheres idosas sobre uma psicopatologia que acontece na velhice, a depressão, em maior número dentre as mulheres idosas e de como estas veem e compartilham as representações dos seus próprios processos de envelhecimento. A relevância deste estudo encontra-se ancorada a questões sociais, pois poder-se-á conhecer o que as idosas pensam, sabem e compartilham sobre a depressão, possibilitando-se a partir disso pensar em políticas públicas que enfoquem a depressão e a educação em saúde mental, assim como a promoção desta. Desta forma, a presente dissertação objetiva apreender e comparar as representações sociais da depressão a partir da perspectiva de mulheres idosas a partir de dois grupos: um grupo composto por mulheres que frequentam grupos de convivência, e outro de mulheres que não participam de grupos sociais. O estudo respalda-se no aporte teórico da Teoria das Representações Sociais, a partir da abordagem de Moscovici. Participarão da pesquisa 100 idosas, sendo 50 de cada grupo supracitado. Para o levantamento dos dados serão utilizados os seguintes instrumentos: um questionário sociodemográfico para caracterizar a amostra; o teste de associação livre de palavras (TALP) contendo 3 palavras estímulo; um roteiro de entrevista semiestruturada composto de três perguntas sobre depressão, sobre o que as idosas conhecem sobre o tratamento e outra sobre como as idosas veem o seu processo de envelhecimento; um roteiro de grupo focal a ser realizado separadamente com os dois grupos comparativos; e o desenho-estória com tema. Os grupos focais e o desenho-estória com tema serão realizados com um número menor de participantes, tendo em vista os critérios apresentados na literatura para as suas realizações. No grupo focal contar-se-á com 20 idosas separadas em dois grupos. A partir dos dados obtidos, serão feitas análises para cada um dos instrumentos, sendo o software SPSS utilizado para as estatísticas descritivas a partir do questionário sociodemográfico; o software Iramutec para a análise das entrevistas; o software Tri Deuxs Mots para os dados apreendidos no TALP, através da análise fatorial de correspondência; e os dados obtidos a partir dos grupos focais e do desenho-estória com tema, através da análise de conteúdo de Bardin. A estrutura da dissertação se organizará a partir de quatro estudos, originados a partir dos resultados que espera-se encontrar com o TALP, as entrevistas, os grupos focais e o desenho-estória com tema.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551072 - LUDGLEYDSON FERNANDES DE ARAUJO
Interno - 1859186 - FAUSTON NEGREIROS
Externo à Instituição - DANIEL HENRIQUE PEREIRA ESPINDULA - UNIVASF
Notícia cadastrada em: 07/07/2019 12:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 05:44