Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JORGE FERNANDO DE CARVALHO LEITE BARROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JORGE FERNANDO DE CARVALHO LEITE BARROS
DATA: 18/11/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de reunião da diretoria
TÍTULO: TENDÊNCIA TEMPORAL E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA MORTALIDADE POR SUICÍDIO NO PIAUÍ: DESAFIOS PARA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL
PALAVRAS-CHAVES: suicídio;saúde mental; prevenção; determinantes sociais da saúde
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O fenômeno do suicídio vem sendo discutido em diferentes épocas, a partir de perspectivas diversas que reúnem cada vez mais novos elementos no objetivo de ampliar o entendimento que temos sobre o tema. O presente trabalho tem como objetivos:1) Caracterizar o perfil dos casos de mortalidade por suicídio no Piauí; 2) Analisar a tendência temporal e distribuição espacial das taxas de mortalidade por suicídio no estado 3) Relacionar a mortalidade por suicídio com os indicadores socioeconômicos e de ofertar dos serviços de saúde no Piauí.Trata-se de um estudo ecológico do tipo exploratório, Para caracterizar o perfil de casos de suicídio foi feita a análise descritiva de cada variável trabalhada no banco extraído do sistema de informação sobre mortalidade (SIM). Para verificar a tendência temporal e distribuição dos casos de suicídio no Piauí foi usada a regressão linear, já a distribuição espacial feita através da construção de mapas temáticos usando se a ferramenta estatística (R). Para concretização do terceiro objetivo, usou o teste de correção de Spearman para verificar a relação entre as variáveis analisadas. 1) Os resultados indicam o crescimento preocupante de
óbitos por suicídio no Piauí principalmente nos últimos anos, com destaque para a população masculina, solteira, parda, entre 20 a 39 anos, 2) elevação das taxas de suicídio no estado, e na população masculina e feminina, com grande incidência de mortes nos idosos (60 anos ou mais). 3) Associação entre as maiores taxas de suicídio e os menores indicadores de acesso a serviços e profissionais. Com relação aos aspectos socioeconômicos não houve relação significativa. Faz-se necessário promover estratégias de prevenção, vigilância e oferta de cuidados de forma integral e regionalizada, envolvendo as redes de serviços em saúde para fortalecer o acesso e a gestão do cuidado dos casos de saúde mental.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1774313 - JOAO PAULO SALES MACEDO
Interno - 1867530 - SANDRA ELISA DE ASSIS FREIRE
Externo à Instituição - PEDRO HENRIQUE ANTUNES DA COSTA - UFJF
Notícia cadastrada em: 13/11/2019 09:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 00:43