Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDREIA DE MEDEIROS CUNHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDREIA DE MEDEIROS CUNHA
DATA: 13/03/2020
HORA: 16:00
LOCAL: LABAP – Laboratório de Avaliação Psicológica do Delta – UFPI/CMRV
TÍTULO: ELABORAÇÃO E EVIDÊNCIAS PSICOMÉTRICAS DA ESCALA GLOBAL DE BULLYING – AGRESSOR E VÍTIMA (EGB - AV): UMA ABORDAGEM MULTIDIMENSIONAL
PALAVRAS-CHAVES: Palavras-Chave: Medida, Bullying, Comportamento, Vitimização, Avaliação.
PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O bullying consiste numa forma de agressão intencional (física, verbal ou psicológica) e
repetitiva sobre um indivíduo, marcada por um desequilíbrio de poder ou força entre vítima e
agressor e pela incapacidade de defesa por parte da vítima. No Brasil existem medidas nacionais
ou adaptadas que mensuram o bullying, mas nenhuma avalia, de forma global (agressores e
vítimas) na perspectiva multidimensional, com 4 dimensões ou formas de manifestações
(Bullying verbal, físico, relacional e cyberbullying). Neste sentido, esta proposta busca contribuir
sanando esta lacuna, já que possui como principal objetivo elaborar, reunindo evidências
psicométricas, a Escala Global de Bullying – Agressor e Vítima (EGB - AV). Para alcançar os
objetivos propostos foram planejados três estudos independentes. O Estudo 1 pretende elaborar a
versão preliminar da EGB-AV e explorar seus parâmetros psicométricos, contando-se com uma
amostra de 250 estudantes de escolas públicas e privadas do Estado do Piauí que além da versão
inicial da EGB-AV responderão questões sociodemográficas. As coletas serão realizadas após as
autorizações legais necessárias em salas de aula, de forma individual. Os dados serão analisados
através do IBM SPSS e Factor. O Estudo 2 almeja confirmar a estrutura encontrada no Estudo 1 e
reduzir, via TRI, a medida foco da proposta, dispondo de uma amostra aproximada de 300
estudantes das redes pública e privada do Estado do Piauí que responderão a Versão da EGB –
AV, validada no estudo anterior, e questões demográficas. Os procedimentos serão os mesmos do
Estudo 1 e os dados serão tratados através do Software R e pacotes Lavaan, Psych e Mirt. Por
fim, o Estudo 3 objetiva avaliar invariância grupal da medida em função do sexo dos
participantes, tipo de escola (pública e privada) e ainda do estado de origem (Piauí, Maranhão e
Ceará), além de verificar evidências de validade convergente e preditiva. A amostra, nesse caso,
será estimada em 450 participantes, equitativamente distribuídos por estado de origem e sexo. Os
participantes preencherão a versão final da EGB-AV e instrumentos que medem bullying,
depressão, valores humanos, engajamento escolar e autoestima. Seguirão os mesmos
procedimentos e a análise dos dados será feita através do Software R e dos pacotes semTools e
Lavaan. Espera-se que ao executar o projeto proposto, conte-se com uma medida curta e
abrangente, que possa ser utilizada para pesquisar antecedentes e consequentes das diversas
formas de manifestações do bullying a fim de propor estratégias de enfrentamento desse
fenômeno tão complexo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2730053 - EMERSON DIÓGENES DE MEDEIROS
Interno - 1816247 - PALOMA CAVALCANTE BEZERRA DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 3064821 - RICARDO NEVES COUTO
Notícia cadastrada em: 28/02/2020 08:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 23:06