Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IVANÚCIA VELOSO COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IVANÚCIA VELOSO COSTA
DATA: 18/03/2022
HORA: 08:30
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Tradução e Adaptação da Escala de Depressão de Beck para a população surda
PALAVRAS-CHAVES: Deficiente auditivo; Saúde mental; Depressão; Instrumentos de Avaliação Psicológica; Língua de Sinais; Língua Brasileira de Sinais-LIBRAS.
PÁGINAS: 128
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Cerca de 10,7 milhões de brasileiros são surdos. Dentre as dificuldades que esta população enfrenta no dia a dia, além do recebimento de rótulos e estereótipos, é a de como lidar com suas emoções e angústias, circunstâncias afetam diretamente a saúde mental desta população. Os serviços de saúde que são ofertados para atender essa necessidade, em sua maioria, utilizam a oralização como meio de comunicação, inviabilizando um acolhimento e atendimento de qualidade, seja para a saúde física ou psicológica desse público. Em se tratando diretamente da saúde mental, a falta de um atendimento psicológico especializado à população surda e a inexistência de instrumentos adaptados que possam auxiliar o profissional de psicologia na elaboração de um diagnóstico mais preciso ainda é uma realidade. Neste sentido, esta dissertação objetiva apresentar através dos estudos a seguir, a necessidade de se conscientizar e fomentar a comunidade científica a elaborar instrumentos na área de saúde mental voltados para a população com deficiência auditiva. Para isso foi desenvolvido dois estudos, o primeiro é referente a um estudo teórico, trata-se de uma revisão sistemática que objetivou investigar quais os instrumentos de Avaliação Psicológica que foram traduzidos e adaptados para Língua de Sinais tanto a nível nacional como internacional? As buscas partiram das bases pubmed, scielo, scopus, web of science, Biblioteca Virtual de Saúde e Cochrane, com os seguintes descritores: “sign language”; “deaf”; “deafness”; “scale adaptation”; “adaptation questionnaire”; “assessment tool” e “psychological instrument",sem estipular datas de publicação e nem limites para o idioma idade ou gênero dos participantes. Os resultados apontam um crescimento nos últimos anos sobre esta temática e a maioria dos estudos apresentaram boas evidências de validade e fidedignidade para os instrumentos traduzidos e adaptados para a Língua de Sinais. O segundo estudo objetivou traduzir e adaptar a escala de depressão de Beck (BDI) para a Língua Brasileira de Sinais-LIBRAS. Trata-se de um estudo quantitativo, de corte transversal. A amostra foi composta por 50 indivíduos, de ambos os sexos, com deficiência auditiva (de média a severa), que fazem uso da LIBRAS, com idade variando entre 18 a 55 anos (M = 34,49 anos; DP = 9,69). Contou-se também com um grupo de 131 ouvintes, com idade variando 18 a 72 anos, (M = 34,44; DP = 13,29) a fim de comparar a sintomatologia depressiva relatada entre ouvintes e surdos falantes da LIBRAS. Foi aplicado o BDI traduzido e adaptado no formato de vídeo (on line) e na versão impressa. Realizou-se uma análise fatorial exploratória, dos 21 itens, um foi descartado (item 11) por não atingir a carga fatorial mínima. As saturações fatoriais dos outros 20 itens variaram entre 0,36 (item 21) e 0,76 (item 05). A consistência interna foi medida por meio do coeficiente alfa de Cronbach (α) = (0,93). Almeja-se que este estudo traga contribuições na prática clínica com mais um instrumento psicológico adaptado a uma população específica e minoritária e na assistência de seus anseios e sofrimentos psíquicos, e que seus frutos possam servir para estudos futuros.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1398721 - ANA RAQUEL DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 014.878.883-17 - FELIPE SAVIO CARDOSO TELES MONTEIRO - UERJ
Presidente - 1816247 - PALOMA CAVALCANTE BEZERRA DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 14/03/2022 11:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 20:14