Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALCILANE ARNALDO SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALCILANE ARNALDO SILVA
DATA: 31/07/2020
HORA: 08:30
LOCAL: Modo Remoto. Link a ser definido.
TÍTULO: ATRIBUTOS QUÍMICOS E BIOLÓGICO PRODUTIVIDADE DE CULTURAS ANUAIS E F SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO PIAUIENSE
PALAVRAS-CHAVES: Qualidade do Solo; ILPF; Cobertura do solo.
PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Sistemas integrados empregam tecnologias como a consorciação, rotação e plantio direto, onde ocorre a manutenção de resíduos vegetais na superfície, influenciando na eficiência de extração e utilização dos nutrientes, resultando em melhores produtividades, e implicando na melhoria dos atributos do solo. Objetivou-se com a presente pesquisa avaliar a qualidade do solo em módulos de sistema silviagrícola e avaliar o desempenho técnico da consorciação e rotação de culturas anuais e forrageiras no sudoeste piauiense. O primeiro ensaio de considerou a consorciação de forrageiras com o milho em rotação com a soja. Os consórcios foram cultivados na safra 2016/2017: milho com zuri, massai, tamani, marandu e ruziziensis, além do milho solteiro; nas safras seguintes (2017/2018 e 2018/2019) nas mesmas parcelas foi cultivado soja. Foram coletadas amostras de solo para avaliação dos atributos químicos nas camadas, 0,0-0,1; 0,1-0,2 e 0,2-0,4 m e biológicos na acamada de 0,0-0,1 m do solo e a produtividade foi mensurada ao final de cada safra (2017/2018 e 2018/2019). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e teste de médias. O uso de diferentes forrageiras não alterou as concentrações de N e C da biomassa microbiana. Na safra 2018/2019, houve aumento na concentração de N da biomassa microbiana com consórcio do milho com o capim Zuri. Na 2017/2018 o M. sol./s, M. + Tamani/s e o M. + Marandu/s proporcionaram maior RBS e M. + Zuri/s/s, M. + Tanzânia/s, e M. + Ruziziensis/s/s na safra 2018/2019. As maiores concentrações de potássio foram obtidas com milho com Zuri e Massai na camada superficial (0-10 cm) na safra de 2017/2018. O consórcio do milho com Tamani, proporcionou menor concentração de H+Al na camada de 0,1-0,20 m. O conteúdo de P no solo foi considerado alto para o e médio para o K nas camadas 0,0-0,1 e 0,2-0,4 m. O M. + Zuri/s/s, M. + Tanzânia/s/s, M. + Marandu/s/s e M. + Ruziziensis/s/s, proporcionaram maior Ca da camada subsurpeficial (0,2-0,4 m) e menor concentração de Al. O carbono orgânico total (COT) não foram influenciados pelos capins utilizados na safra 2017/2018 nas camadas avaliadas. Os tratamentos alteraram os atributos biológicos. M.+ Massai/s e M. + Zuri/s proporcionam maiores concentrações na camada 0,0-0,1 m. O M. + Tamani/s apresentou-se como o mais indicado no aumento de P, SB e V, H+Al e Al na camada de 0,1-0,2 m. O segundo ensaio avaliou diferentes módulos de sistema silviagrícola: renques de eucalipto e de sabiá, entre renque de soja e de milho e Cerrado nativo. Foram coletadas amostras de solo para avaliação dos atributos químicos nas camadas, 0,0-0,1; 0,1-0,2 e 0,2-0,4 m e estoque de carbono. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e teste de médias, além de análise multivariada. Houve diferença nas concentrações para atributos químicos e teores de carbono nos diferentes componentes. Os cátions básicos e soma de bases as concentrações apresentaram as mesmas tendências para K, Ca, Mg, SB e CTC, as menores concentrações estiveram atreladas ao Cerrado. A concentração de COT nos componentes não diferiu significativamente na camada de 0,0-0,1 m, na camada 0,1-0,2 m os maiores valores foram verificados no entre renque de eucalipto, na camada 0,2-0,3 m o sabiá apresentou maiores valores e na camada 0,3-0,5 m a maior concentração foi verificada na área referência. Na camada de 0,1-0,2 m os maiores valores para ácidos fúlvicos foram observados no renque de eucalipto. O C-HUM, com exceção da camada 0,0-0,1 m, o componente Cerrado nativo se destacou em todas as demais profundidades. Os sistemas de uso afetaram as concentrações de COP e COM. Para a camada de 0,1- 0,2 m os maiores estoques foram verificados no entre renque de eucalipto que não diferiu do Cerrado nativo. O estoque de C acumulado foi maior para o renque de eucalipto e área de referência. Houve fortes correlações entre as variáveis químicas estudadas, nas quais área de Cerrado apresentou maior dissimilaridade de todos os demais módulos do sistema silvipastoril (renques e entre renques). Os componentes do sistema de manejo influenciaram na fertilidade e no estoque de carbono do solo indicando que podem contribuir na qualidade do solo e no manejo do carbono


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EDVALDO SAGRILO - EMBRAPA
Externo à Instituição - FRANCINEUMA PONCIANO DE ARRUDA - UESPI
Presidente - 304.804.028-50 - HENRIQUE ANTUNES DE SOUZA - EMBRAPA
Externo ao Programa - 2231082 - JULIAN JUNIO DE JESUS LACERDA
Externo à Instituição - LUIZ FERNANDO CARVALHO LEITE - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 07/07/2020 12:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 03/08/2020 17:29