Notícias

Banca de DEFESA: LOUISE CRISTINA FREITAS SARAIVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LOUISE CRISTINA FREITAS SARAIVA
DATA: 30/08/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de aula do NTF
TÍTULO: Desenvolvimento de um clareador dental a base de carvão ativado de babaçu e argila atapulgita
PALAVRAS-CHAVES: Clareamento dental, adsorção, carvão ativado, babaçu, atapulgita.
PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A estética bucal constitui um meio pelo qual se promove a melhora da autoestima e proporciona satisfação e bem-estar aos pacientes que a ela recorrem. Dentro desta área, destacam-se os tratamentos clareadores. Os fabricantes de produtos de higiene bucal estão constantemente desenvolvendo melhorias e novas abordagens para o clareamento dental, a fim de atender às exigentes expectativas dos pacientes e consumidores. Assim, este trabalho objetivou desenvolver um clareador dental a base de substâncias naturais e regionais, a saber, carvão ativado de babaçu e argila atapulgita. Foi realizada uma prospecção científica e tecnológica, em que foi possível constatar as propriedades adsortivas de ambos os materiais, levando à alta possibilidade de incorporação em produtos clareadores e revelando um campo promissor para o desenvolvimento tecnológico, haja vista o baixo número de artigos e patentes envolvendo estes materiais no campo odontológico. Em outro momento, foi realizado um estudo de ativação, caracterização e avaliação da capacidade adsortiva do carvão de babaçu e da argila atapulgita, visando o desenvolvimento de clareadores dentais. As análises de difração de raios-X (DRX), área superficial (BET) e o teste de adsorção com azul de metileno realizados puderam demonstrar e confirmar o poder de adsorção de ambos os materiais, especialmente quando eles foram submetidos à ativação, corroborando os dados encontrados no levantamento bibliográfico realizado. Estes resultados são altamente relevantes, ao passo que a capacidade adsortiva desses materiais está altamente relacionada à capacidade de adsorver pigmentos, cromóforos e corantes responsáveis pela mudança de cor dos dentes. Um terceiro estudo realizou uma avaliação in vitro da efetividade de novas formulações clareadoras dentais à base de carvão ativado de babaçu e argila atapulgita. Infelizmente, ao realizar os testes de cor, não foram detectadas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos avaliados. E, apenas no grupo do dentifrício convencional as diferenças estatisticamente significativas encontradas de rugosidade média refletiram-se em um aumento da rugosidade superficial, oferecendo um maior potencial de desgaste da superfície dos dentes em relação aos demais produtos estudados. Mais testes devem ser realizados para que se possa chegar a dados mais conclusivos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CIRO GONCALVES E SA - NASSAU
Presidente - 1512631 - LIVIO CESAR CUNHA NUNES
Externo à Instituição - MARIA ANGELA AREA LEAO FERRAZ - UESPI
Externo à Instituição - RAONY MOLIM DE SOUSA PEREIRA - UESPI
Notícia cadastrada em: 29/08/2019 14:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 19/10/2019 01:34