Notícias

Banca de DEFESA: ALCILEIDE DALILIA DE SOUSA MENESES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALCILEIDE DALILIA DE SOUSA MENESES
DATA: 27/07/2023
HORA: 19:30
LOCAL: Plataforma Google meet
TÍTULO: ESTUDO TÉCNICO E SOCIAL DOS PROJETOS DE DESSALINIZAÇÃO DO PROGRAMA ÁGUA DOCE COM UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS NO SEMIÁRIDO PIAUIENSE
PALAVRAS-CHAVES: Semiárido piauiense, sistemas de dessalinização de água, energia solar fotovoltaica, programa água doce.
PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

O semiárido brasileiro é uma região onde as pessoas sofrem com a escassez de água potável e
diversas alternativas são utilizadas para suprir as necessidades advindas deste recurso, como a
perfuração de poços tubulares. No entanto, muitos destes sistemas de abastecimento possuem
alto teor de sais devido a maior parte do semiárido está localizada sobre escudo cristalino,
impossibilitando a utilização da água para o consumo humano. Em vista disso, sistemas de
dessalinização são propostos a fim de melhorar o padrão de qualidade da água, mas o grande
desafio é possuir a disponibilidade de energia elétrica para o seu funcionamento. Neste
contexto, no estado do Piauí, foram implantados três projetos pilotos de energia solar
fotovoltaica em sistemas de dessalinização instalados pelo Programa Água Doce – PAD,
projeto de dessalinização do governo brasileiro, localizados nas comunidades quilombolas
Laranjo e Silvino, no município de Betânia do Piauí, e a comunidade Barreiro Fechado, em
Campo Alegre do Fidalgo. O presente trabalho tem como objetivo apresentar um diagnóstico
técnico e social dos projetos pilotos instalados no semiárido piauiense, gerenciados pelo
Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí – EMATER-PI. Para isso, foram
utilizadas informações fornecidas pela EMATER, visitas in loco para análise de dados técnicos
e entrevistas aos usuários do sistema que destacaram a redução das contas de energia elétrica
após a instalação da geração fotovoltaica. Em síntese, a potência total instalada dos 3 sistemas
é de 27,93kWp, os sistemas híbridos e off-grid estão atuando e o on-grid ainda não foram
conectados à rede elétrica. Por esta razão, é possível inferir que a utilização da tecnologia solar
fotovoltaica se mostra como uma alternativa promissora para a expansão do PAD. No entanto,
é fundamental destacar a importância de uma abordagem mais cuidadosa nos processos de
contratação e fiscalização das empresas especializadas para instalação de futuros projetos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1760027 - MARCOS ANTONIO TAVARES LIRA
Interno - 2020229 - FABIOLA MARIA ALEXANDRE LINARD
Interno - 1644191 - JOSE MEDEIROS DE ARAUJO JUNIOR
Externo à Instituição - EMERSON MARIANO DA SILVA - UECE
Notícia cadastrada em: 18/07/2023 00:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/03/2024 17:21