Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NIELSEN RICARDO FERREIRA VALE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NIELSEN RICARDO FERREIRA VALE
DATA: 10/11/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google meet (remoto)
TÍTULO: Associação entre tempo de tela e o reconhecimento das expressões faciais emocionais em crianças
PALAVRAS-CHAVES: Mídias de telas; crianças; desenvolvimento; reconhecimento das expressões faciais emocionais.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O uso de dispositivos de tecnologia móveistem se tornado habitual em todas as idades, porém, as consequências às crianças devem ser avaliadas. Nesta dissertação, problematizou-se os efeitos do uso prolongado de mídias de telas sobre o reconhecimento das expressões faciais emocionais em crianças. Dessa forma, a presente dissertação propõe dois estudos. O estudo I corresponde a uma revisão sistemática, que busca responder à questão elaborada a partir da estratégia PICOT: “O que a literatura tem identificado como associação entre o TT e as emoções em crianças?”, para tanto foi realizadoum levantamento de artigos nas bases: PubMed, eScielo, Web of Science a partir da combinação dos descritores: screen time, children, child, emotion, emotions, emotional, A partir da estrutura recomendada pela PreferredReportingItems for Systematic Review and Meta-analyses: The PRISMA Statement, foi realizado o CHECK-LIST e realizada umaanálise de conteúdo dos resultados pelo software IraMuTeQ, obtendo uma Nuvem de Palavras e uma Análise de Similitude. O resultado da busca foi de 34 artigos, após os processos de filtragens chegou-se a um portfólio final de 06 artigos, nos quais foram realizadas análises bibliométricas e de conteúdo. Constata-se, portanto, uma excassez de estudos, principalmente em língua portuguesa. Assim se faz necessários expandir pesquisas no campo para sejam apurados grupos de risco e os efeitos dos novos eletrônicos com telas. O segundo estudo teve por objetivo investigar a associação entre o tempo de exposição diária às telas com o reconhecimento das expressões faciais emocionais. Trata-se uma pesquisa transversal de cunho quantitativo, do tipo descritivo, quase-experimental e exploratório com 60 crianças na faixa etária dos oito aos 11 anos de ambos os sexos que formaram o grupo controle (até duas 2h de telas diárias) n = 30; Midade = 9,43 anos; DP = 1,17 e o grupo de estudo (tempo superior à 2h de telas) n = 30; Midade = 9,45; DP = 1,13. Para a triagem utilizou-se o questionário sociodemográfico, de Rastreio do Desenvolvimento e o Teste de Acuidade e Contraste Visual de Freiburg - FrACT (Freiburg Vision Test). O reconhecimento das expressões faciais emocionais, foi avaliado por meio do Banco de Expressões Emocionais Brasileiro, contendo as seis expressões emocionais (alegria, raiva, nojo, tristeza, surpresa e medo) em seis níveis de intensidade (25%, 40%, 55%, 70%, 85% e 100%), sendo as respostas obtidas através do software PsychoPy. A fim de coletar informações comportamentais quanto ao tempo e frequência de uso das mídias de telas foi realizada o monitoramento através do Diário do uso de mídias. A análise dos dados foi realizada com o software JASP Statistics 0.9.2.0 64-bits. Para a análise bivariada utilizou-se o teste Qui-quadrado do tipo 6 x 4, com nível de significância de 5% (p < 0,05). Os resultados indicaram que as variáveis: alegria 40% (p =0,01) e 55% (p =0,04), medo 70% (p =0,03) e tristeza 40% (p =0,02) apresentaram associação entre as variáveis “tempo de tela” e “as emoções em faces e suas intensidades”, indicando que o GE acertou significamente menos estas intensidades em relação ao GC, ou seja, quanto mais exposição de tempo ao uso de telas, mais a criança apresentará mais dificuldade em reconhecê-las.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1398721 - ANA RAQUEL DE OLIVEIRA
Interno - 2730053 - EMERSON DIÓGENES DE MEDEIROS
Externo à Instituição - NELSON TORRO ALVES - UFPB
Notícia cadastrada em: 14/10/2022 16:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 15/04/2024 02:38