Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANE CARDOSO CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANE CARDOSO CARVALHO
DATA: 19/12/2022
HORA: 17:00
LOCAL: Online/Remoto - Google Meet
TÍTULO: A PERCEÇÃO DO SUPORTE SOCIAL EM MULHERES QUE GESTARAM NA PANDEMIA DA COVID-19
PALAVRAS-CHAVES: Gestação; Suporte Social; Pandemia; COVID-19
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Resumo. A COVID-19 desencadeou um contexto pandêmico de ocorrência mundial, pelo seu alto grau de transmissibilidade foram descobertas associações entre a vulnerabilidade de alguns grupos de risco frente à essa doença, os quais apresentam altos índices de letalidade. Dentre esses grupos, encontram-se as gestantes, que por modificações fisiológicas ocorridas no corpo feminino, podem estar mais vulneráveis a infecções graves, como a COVID-19. Considerando esse fenômeno, se propõe a realização de 2 estudos. O estudo I já realizado se trata de uma revisão sistemática de escopo acerca dos estudos empíricos publicados sobre o tema, pautada nas diretrizes do PreferredReportingItems for Systematic reviews and Meta-Analysesextension for Scoping Reviews (PRISMA-ScR), no período de 2020 a 2022, com intuito de sistematizar os estudos relacionados ao suporte social de mulheres que gestaram na pandemia da COVID-19. Buscou-se atender a seguinte questão de pesquisa “conhecer o suporte social oferecido a gestantes durante a pandemia de Covid-19”, formulada a partir da estratégia Participante, Conceito, Contexto (PCC), sendo representada da seguinte forma: P = Gestantes; C = Suporte social; C = Pandemia de COVID-19. A busca foi realizada nas bases: SciELO; Web of Science; MEDLINE; PsycNET; Scopus. Utilizando a combinação dos descritores ((Pregnancy OR gravid) AND ("social support") AND (COVID-19)), sendo rastreado nos motores de busca a partir dos títulos e resumos. Não foi utilizado um recorte temporal específico, assim como nenhum filtro de busca, de forma que pudessem ser rastreados o maior número de estudos possíveis relacionados ao tema.  Esses estudos foram rastreados nas bases foram exportados para a plataforma web Rayyan (http://rayyan.qcri.org), desenvolvida para ajudar pesquisadores em suas revisões. Os dados dos artigos selecionados foram registrados individualmente, com autor e ano de publicação, em uma matriz de coleta de dados, com destaque para país do estudo, objetivo, participantes e instrumentos utilizados na coleta de dados de cada pesquisa na tabela abaixo de caracterização das publicações selecionadas para análise. A busca nas bases de dados resultou no rastreio de 1407 estudos, o qual 24 atenderam aos critérios pré-estabelecidos. Os resultados evidenciam que existe uma forte relação entre baixo apoio social e a maior probabilidade de desenvolver problemas de saúde mental, assim como evidenciam o distanciamento como fator predisponente para adoecimento psíquico e aumento da cognição mal adaptativa. No que diz respeito ao suporte social recebido perante o sistema de saúde, os estudos sinalizam que houve uma adaptação na atuação dos profissionais de saúde na pandemia por Covid-19. O apoio social deve estar em sintonia com as necessidades das gestantes, principalmente em momentos de crises sanitárias. Assim, há necessidade de refletir no que concerne às políticas públicas de suporte social em conjunto com profissionais como médicos e psicólogos, em prol da população de mulheres gestantes, assim como o apoio extra e intrafamiliar. Já no estudo 2, será realizado uma pesquisa de campo com três escalas e um questionário sociodemográfico, com intuito de obter os resultados das variáveis. Estima-se uma amostra mínima de 200 mulheres que gestaram na pandemia da COVID- 19, a partir de 18 anos, no período de abril de 2020 à dezembro de 2021. Será aplicada a Escala de Percepção do Suporte, Escala do Medo do COVID-19 no período Perinatal, Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse e um questionário sociodemográfico. A pesquisa será realizada de forma on-line de acordo com a disponibilidade das participantes. Para efetivação essa pesquisa será submetida ao Comitê de Ética da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (CEP), após o aceite a pesquisa será realizada disseminação do link para realização da coleta de forma remota (on-line), no Google Forms iniciando a partir do aceite da participante ao Termo de Consentimento Livre Esclarecido- (TCLE). Posteriormente, será utilizado a ferramenta StatisticalPackage for The Social Sciences (SPSS) para fins de análise de dados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA KARLA SILVA SOARES - UFMS
Interno - 1398721 - ANA RAQUEL DE OLIVEIRA
Presidente - 1867530 - SANDRA ELISA DE ASSIS FREIRE
Externo à Instituição - SIMONE SOUZA DA COSTA SILVA - UFPA
Notícia cadastrada em: 16/12/2022 16:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 20/04/2024 14:06