Notícias

Banca de DEFESA: MARIA BEATRIZ DIAS COUTINHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA BEATRIZ DIAS COUTINHO
DATA: 19/05/2015
HORA: 15:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO TROPEN/UFPI
TÍTULO:

 

O SABER AMBIENTAL E EPISTEMOLÓGICO NO ENSINO: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS NO LIVRO DIDÁTICO DE BIOLOGIA


PALAVRAS-CHAVES:

  Livro Didático. Saber Ambiental. Interdisciplinaridade. Sustentabilidade


PÁGINAS: 139
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 

 
 
RESUMO
 
A presente pesquisa buscou analisar como a questão ambiental vem sendo abordada nos livros didáticos, e neste constructo verificar a relevância social desse material de ensino para o meio ambiente. A investigação foi orientada por dimensões, que envolvem o saber ambiental, a interdisciplinaridade e a sustentabilidade. O objetivo geral da pesquisa foi analisar o saber ambiental existente nos livros didáticos de Biologia e a interdisciplinaridade frente ao compromisso com um saber ambiental complexo para a formação do sujeito ecológico. O caminho metodológico dessa pesquisa se iniciou com a escolha de cinco livros de Biologia de autores diferentes. Foram extraídos 26 capítulos para a análise. Neste contexto, o processo metodológico escolhido não foi linear e para chegar à decisão de como fazer análise do referido material seguiu-se trajetória da análise de conteúdo na perspectiva de Bardin.  Os capítulos escolhidos foram analisados inicialmente pela leitura crítica e em seguido feito recortes dos contextos analisados nos capítulos. O processo metodológico contou com a formação de unidades de registros e posterior formação de unidades temáticas. Essas unidades temáticas foram categorizadas em abrangente, representativas e inexpressivas, obedecendo a uma tabela de valores. A categoria abrangente mensurou a presença de um saber Ambiental e interdisciplinaridade existente no livro didático. Os resultados do livro A, apresenta-se como o livro que estar na categoria adequado dentro dos itens: saber ambiental, interdisciplinaridade e sustentabilidade. O livro C e E se configura como sendo possuidor de um saber ambiental e interdisciplinar, se enquadram dentro da categoria Plausível e a sustentabilidade  na categoria adequada, os livros B e D são simplistas, possuem uma interdisciplinaridade e um saber ambiental de forma mais silenciada. Para a dimensão sustentabilidade, o livro B é plausível e o livro D é simplista.
 
 
 

MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - GEORGYANNA ANDRÉA SILVA MORAIS - UEMA
Presidente - 905801 - GERSON ALBUQUERQUE DE ARAUJO NETO
Interno - 423426 - JOSE DE RIBAMAR DE SOUSA ROCHA
Notícia cadastrada em: 22/04/2015 10:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 15/08/2020 11:31