Notícias

Banca de DEFESA: OSVALDO AUGUSTO VASCONCELOS DE OLIVEIRA LOPES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: OSVALDO AUGUSTO VASCONCELOS DE OLIVEIRA LOPES DA SILVA
DATA: 21/12/2015
HORA: 15:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO TROPEN/UFPI
TÍTULO:

VIABILIDADE TECNICO-ECONÔMICA DE PROJETOS DE EFICIENCIA ENERGÉTICA NAS SALAS DE AULA DA UFPI


PALAVRAS-CHAVES:

Sustentabilidade, Iluminação, Climatização, Energia Elétrica, Universidade."


PÁGINAS: 121
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 

Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética, no ano de 2023, o Brasil passará a ter 216 milhões de habitantes e consumirá 689 TWh no ano, o que representará, aproximadamente, 20% a mais da energia gerada no Brasil em 2013, causando impactos socioambientais. Porém, se utilizarmos mais eficientemente a energia que produzimos, estaremos protegendo o meio ambiente e usufruindo ainda de outros benefícios. Nas universidades, não é diferente. Esse trabalho tem como objetivo geral o fornecimento de ferramentas para os gestores da Universidade Federal do Piauí e instituições de ensino de forma geral analisarem a Viabilidade Técnico-econômica da implantação de Projetos de Eficiência Energética nas salas de aula, uma vez que as instituições de ensino devem ser exemplo de sustentabilidade para toda a comunidade e incentivar mudanças concretas na realidade social articulando três eixos: edificações, currículo e gestão. O método utilizado considera que a economia de energia somente é conseguida quando as mesmas atividades são realizadas ou os mesmos produtos ou serviços são fornecidos com menor consumo de energia, dividido em duas partes: Diagnóstico Energético da Universidade Federal do Piauí e o Diagnóstico Energético das salas de aula. Dessa forma, utilizou-se como objetos de estudo o Campus Universitário Ministro Petrônio Portela, por ser o maior e mais antigo da instituição, e duas salas de aula do Centro de Tecnologia desse mesmo campus por já possuir estudos de Eficiência Energética. Ao término dos estudos, pôde-se fazer o levantamento das despesas com Energia Elétrica, identificar perdas que poderiam ser evitadas com a atuação de um Sistema de Gestão Energética e sugerir um modelo de Gestão do Uso de Energia para a universidade. Além disso pôde-se fazer o diagnóstico energético das salas de aula e sugerir Projetos de Eficiência Energética direcionados aos Sistemas de Climatização e Iluminação, com as intervenções propostas encaradas como Projetos de Investimento de Aderência Estratégica, cujas viabilidades foram avaliadas, destacando a necessidade da análise conjunta das intervenções e da adoção de critérios de sustentabilidade nos editais de licitação, uma vez que a fase inicial do Ciclo de Vida das edificações é decisiva para determinar o seu potencial de economia de energia, além da sensibilização da comunidade acadêmica e do gestores para as questões ambientais, atingindo os objetivos da pesquisa.

 

 

 

 

MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Presidente - 1776339 - FRANCISCO FRANCIELLE PINHEIRO DOS SANTOS
Externo à Instituição - HERMES MANOEL GALVÃO CASTELO BRANCO - UESPI
Interno - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Externo à Instituição - MARIA ALEXSANDRA DE SOUSA RIOS - UFC
Notícia cadastrada em: 18/11/2015 11:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 19/01/2020 10:24