Notícias

Banca de DEFESA: VANESSA MENEZES COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANESSA MENEZES COSTA
DATA: 20/02/2017
HORA: 15:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO TROPEN
TÍTULO: Avaliação do Potencial Genotóxico e Mutagênico em Efluentes de Esgoto Tratados por Lagoas de Estabilização: ETE-Leste e ETE-Pirajá na Cidade de Teresina-PI.
PALAVRAS-CHAVES: Efluente tratado; Teste Allium cepa; Genotoxicidade; Mutagenicidade.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Os esgotos domésticos e os efluentes industriais são as principais fontes de contaminação dos recursos hídricos, pois estes resíduos são frequentemente tóxicos e seu descarte inadequado pode degradar seriamente o ambiente. Os agentes poluidores podem causar danos aos organismos expostos, entre eles danos mutagênicos. Testes com plantas são frequentemente utilizados em monitoramento ambiental, e a espécie Allium cepa tem sido muito utilizada em avaliações do potencial tóxico de certos ambientes principalmente, os aquáticos. Os rios Poti e Parnaíba na cidade de Teresina-PI recebem expressivo volume de esgotos produzidos na zona urbana, além de serem receptores dos efluentes processados nas estações de tratamento de esgoto. A pesquisa tem como objetivo avaliar a toxicidade e o potencial genotóxico e mutagênico induzidas por efluentes de esgoto tratado por sistemas de lagoas de estabilização na cidade de Teresina – PI com a utilização do teste Allium cepa, bem como comparar os resultados obtidos da estação de tratamento de esgoto Leste que recebe além do esgoto domestico, o esgoto proveniente dos veículos Limpa Fossas, com os da estação de tratamento de esgoto do Pirajá que recebe apenas esgoto doméstico. Foram realizadas seis coletas, duas em 2015 e quatro em 2016, contemplando o período seco e chuvoso da região em quatro pontos: P1-Esgoto bruto; P2-Rio montante; P3-Efluente final e o P4-Rio jusante. Os resultados detectados pelas análises físico-químicas revelaram que as águas e efluentes coletados apresentaram elevadas concentrações de condutividade elétrica, detergentes e fósforo, principalmente nos pontos, P1 e P3, além dos altos teores de coliformes termotolerantes encontrados nas análises microbiológicas nas duas estações de tratamento de esgoto, os valores foram mais críticos no período seco. Todos os pontos do estudo apresentaram uma potencialidade genotóxica e mutagênica, pois foram capazes de induzir alterações no material genético do organismo-teste utilizado, além da diminuição do índice mitótico e inibição do crescimento das raízes, evidenciado principalmente nos pontos, P1 e P2 do período seco, com danos maiores identificados na estação de tratamento de esgoto Leste. Durante o período chuvoso o potencial genotóxico e mutagênico foi menor nas duas estações em relação ao período seco. Portanto, é possível que os resultados mais significativos encontrados na estação de tratamento de esgoto Leste podem ter sido induzidos em razão do lançamento de xenobióticos provenientes de outras fontes antropogênicas como as dos veículos Limpa Fossas, que descarregam os resíduos coletados nesta estação. Esses resíduos contém, possivelmente, uma mistura complexa de agentes causadores do efeito mutagênico, que possam estar comprometendo a eficiência do tratamento da estação de tratamento de esgoto Leste


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1670535 - CLARISSA GOMES REIS LOPES
Presidente - 422881 - CLETO AUGUSTO BARATTA MONTEIRO
Interno - 423426 - JOSE DE RIBAMAR DE SOUSA ROCHA
Externo à Instituição - LEONARDO MADEIRA MARTINS - UNINOVAFAPI
Externo à Instituição - NELSON JORGE CARVALHO BATISTA - ULBRA
Notícia cadastrada em: 01/02/2017 09:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 28/01/2020 22:14