Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CRISTIANA DE SOUSA LEITE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CRISTIANA DE SOUSA LEITE
DATA: 30/08/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório TROPEN
TÍTULO: Desenvolvimento de índice de eficiência energética baseado no uso do ambiente para salas de aula de instituições de ensino superior
PALAVRAS-CHAVES: Universidade, Gestão energética, Planos de Logística Sustentável, RTQ-C, Uso do ambiente
PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O acesso à energia elétrica está associado à melhoria na qualidade de vida. Entretanto, é
crescente a necessidade de melhor utilização desse insumo a partir da implantação de
ações de eficiência energética. Desde 2011, o Governo Brasileiro tem publicado
legislações que exigem que as edificações a ele associadas tenham esta preocupação,
como, por exemplo, a Instrução Normativa nº 10/2012 do Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão, que estabelece as regras para a elaboração dos Planos de Logística
Sustentável, os quais devem conter, por exemplo, ações voltadas ao melhor uso da
energia. Uma das medidas é voltada a etiquetagem das edificações, obrigatórias desde
2014 para os prédios financiados pela União e possível através da adoção dos
Requisitos Técnicos da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edifícios
Comerciais, de Serviço e Públicos (RTQ-C). Estes requisitos focam na melhoria da
infraestrutura das edificações, mas não consideram o uso dos ambientes, os quais tem
impacto significativo, por exemplo, nas Instituições de Ensino Superior (IES). Estas são
organizações multiplicadoras de conhecimento e de boas práticas, devendo adotar em
sua gestão ações voltadas à sustentabilidade, principalmente as Federais que se
enquadram no alvo da IN nº 10/2012. Este trabalho tem, assim, como objetivo geral
desenvolver um índice que considere o uso do ambiente na avaliação da eficiência
energética de salas de aula de IES, utilizando a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e
o Instituto Federal do Piauí (IFPI) como objetos de estudo. Para tanto, levantou-se as
legislações vigentes que exigem a aplicação de eficiência energética em instituições de
ensino e fez-se um levantamento das boas práticas adotadas em IESF, publicadas em
seus Planos de Logística Sustentável. Além disso, coletou-se os dados das salas dos
objetos de estudo para, a partir destes, elaborar um índice que siga as mesmas
padronizações que o INMETRO. Dos ambientes avaliados na UFPI, aferiu-se que os
níveis de eficiência energética dos sistemas de iluminação e climatização receberiam
classificação de B a D e a Taxa de Utilização das Salas de Aula seria em média de 19%,
necessitando de implantação de melhorias. Para estas, espera-se propor um índice que
permita uma melhor utilização das salas de aula, compatíveis com a quantidade de
alunos que fazem uso das mesmas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2098982 - GIOVANA MIRA DE ESPINDOLA
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Interno - 1776339 - FRANCISCO FRANCIELLE PINHEIRO DOS SANTOS
Externo ao Programa - 959.082.183-91 - HERMES MANOEL GALVÃO CASTELO BRANCO - UESPI
Externo ao Programa - 492.147.563-68 - MARIA ALEXSANDRA DE SOUSA RIOS - UNILAB
Notícia cadastrada em: 11/08/2017 09:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 27/01/2020 10:56