Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CLAUDIA SILVA CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CLAUDIA SILVA CARVALHO
DATA: 23/08/2017
HORA: 10:00
LOCAL: TROPEN
TÍTULO: QUALIDADE DE VIDA: O ACESSO AO TRANSPORTE PÚBLICO – ÔNIBUS- EM TERESINA-PI COMO INSTRUMENTO DE AUTONOMIA PARA OS IDOSOS
PALAVRAS-CHAVES: : Envelhecimento; Mobilidade; Educação
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
SUBÁREA: Psicologia do Desenvolvimento Humano
ESPECIALIDADE: Desenvolvimento Social e da Personalidade
RESUMO:

Discussões sobre qualidade de vida e terceira idade estão crescendo devido ao aumento do número da população idosa no mundo, e compreender o processo de envelhecimento em vários aspectos, inclusive o do meio ambiente físico em que os idosos vivem torna-se relevante. Pensando na promoção da qualidade de vida dos idosos, muitos programas de saúde e educacionais estão voltando-se para acolher essa demanda, e nesse contexto as Universidade Abertas à Terceira Idade se destacam. Surge novo perfil de idoso, o qual é ativo no processo de envelhecimento e tem capacidade para desempenhar suas funções e potencialidades. Nesse sentido emerge o questionamento: como se dá a mobilidade desses idosos até essas Universidades Abertas à Terceira Idade? Partindo desse questionamento, esse trabalho teve como objetivo verificar como as condições de mobilidade urbana mediada pelo transporte público – ônibus - interfere na qualidade de vida dos idosos funcionais quanto à sua autonomia de locomoção, que frequentam a UNATI-PI, com idade a partir de 60 anos. Buscou-se identificar os locais, frequência e percepção das condições de deslocamento dos idosos, com ênfase para a UNATI-PI; mapear os trechos das linhas de ônibus utilizados pelos idosos para o deslocamento até a UNATI-PI, segundo os indicadores do formulário de qualidade dos transportes públicos adaptado de Ferraz e Torres (2004); e avaliar a percepção do risco e das consequências de queda por parte dos idosos frequentadores da UNATI-PI. Este trabalho foi desenvolvido em duas partes. A primeira é composta por Introdução, Revisão Bibliográfica, Metodologia Geral e Referências, e a segunda, em forma de artigos, estarão os resultados. Verificou-se até o momento o perfil sociodemográficos dos idosos que participam da UNATI-PI e concluiu-se que a maioria da amostra é do sexo feminino, com idade entre 60 e 70 anos, casadas e que moram com familiares. A renda da maioria dos pesquisados é de um salário mínimo e em relação à escolaridade, a maioria possui nível médio completo.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Interno - 2098982 - GIOVANA MIRA DE ESPINDOLA
Externo à Instituição - SOLANGE MARIA RIBEIRO NUNES LAGES - UESPI
Externo à Instituição - YULA PIRES DA SILVEIRA FONTENELE DE MENESES - UESPI
Notícia cadastrada em: 11/08/2017 09:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 27/09/2020 19:02