Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NATANAEL JOSE DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NATANAEL JOSE DA SILVA
DATA: 01/06/2018
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA/TROPEN/UFPI
TÍTULO: PERCEPÇÃO AMBIENTAL DA EUTROFIZAÇÃO E OS IMPACTOS NAS COMUNIDADES ZOOPLANCTÔNICA E ZOOSPÓRICA NOS RIOS PARNAÍBA E POTI
PALAVRAS-CHAVES: Esgoto. Poluição. Saneamento
PÁGINAS: 29
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A eutrofização consiste em um fenômeno associado ao aumento da disponibilidade de nutrientes, principalmente nitrogênio e fósforo, nos ambientes aquáticos. Entre os diversos grupos de organismos afetados por esse fenômeno estão o zooplâncton e os oomicetos, os quais respondem diretamente a essas alterações sofrendo variações na estrutura de suas comunidades. Dessa forma, a presente pesquisa tem como objetivo geral verificar a percepção ambiental da eutrofização e os impactos sobre as comunidades zooplanctônica (Cladocera e Copepoda) e de oomicetos (Oomycota) nos rios Parnaíba e Poti. O estudo de percepção teve como objetivo verificar a percepção ambiental da eutrofização nos rios Parnaíba e Poti noticiada na mídia eletrônica em Teresina-PI. A pesquisa foi realizada em três sítios da mídia eletrônica em Teresina, designados como A, B e C. Para o levantamento das reportagens, foram utilizadas palavras-chaves nos buscadores de cada um dos sítios, como: “eutrofização”, “aguapés e esgotos no rio Poti”, “poluição nos rios Poti e Parnaíba” e “saneamento em Teresina”. As reportagens foram separadas para cada um dos três sítios e armazenadas e quantificadas por mês e ano. Posteriormente, prosseguiu-se o seu estudo através da técnica Análise de Conteúdo levando-se em consideração a percepção de 4 segmentos sociais em relação ao problema, sendo eles: população, jornalistas, especialistas ambientais e autoridades. A pesquisa permitiu o levantamento de 48 notícias distribuídas entre os sítios A, B e C. o segmento com maior representatividade nas reportagens levantadas nos três sítios foi o jornalístico (90%). O segmento com menor participação foi o da população, que expressou a sua opinião em apenas 23% de todas as reportagens. O problema no rio Poti apresentou maior visibilidade pela mídia, estando presente em 73% de todas as notícias analisadas. Entre os quatro segmentos considerados na pesquisa, a população foi o que apresentou menor participação nas notícias. A análise das notícias mostrou a percepção das causas, impactos e soluções para a poluição dos rios. Os impactos ao ser humano não foram bem evidenciados nas notícias, mostrando-se pouca preocupação de ambos os segmentos em relação às consequências da eutrofização para a saúde humana. A pesquisa confirmou o importante papel desempenhado pela mídia de apresentar opiniões acerca dos fenômenos que nos cercam, incluindo as questões ambientais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Externo à Instituição - FÁBIO JOSÉ VIEIRA - UESPI
Presidente - 423426 - JOSE DE RIBAMAR DE SOUSA ROCHA
Externo à Instituição - NATANAEL JOSE DA SILVA - UESPI
Notícia cadastrada em: 02/05/2018 22:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 27/09/2020 19:12