Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GAIA RÊGO CAVALCANTE FORTES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GAIA RÊGO CAVALCANTE FORTES
DATA: 27/09/2012
HORA: 09:30
LOCAL: SALA DE REUNIÃO/TROPEN/UFPI
TÍTULO:

O valor da notícia científica e ambiental na revista Veja: uma análise interdisciplinar da informação


PALAVRAS-CHAVES:

Produção jornalística científica e ambiental. Análise de conteúdo e discursos. Interdisciplinaridade. Linha editorial.


PÁGINAS: 160
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A pesquisa teve o objetivo de avaliar em que nível encontra-se a produção jornalística científica e ambiental da revista Veja, quando informa e opina sobre temas relacionados às questões, tendo em vista a hegemonia do discurso ambiental. Foram analisados 31 exemplos nos períodos de junho a dezembro de 2011. A pesquisa teve por subsídio metodológico a análise de conteúdo com viés quantitativo e qualitativo para explicar com quais critérios editoriais a Veja divulga as informações de relevância científica e ambiental. A metodologia é estruturada a partir de procedimentos sistemáticos que auxiliam no processo de inferência para se obter uma descrição do conteúdo das mensagens e suas estratégias enunciativas. O estudo proposto pode contribuir para o aprimoramento dos profissionais de comunicação e servir de apoio bibliográfico para demais pesquisas. Identificamos que o jornalismo ambiental em comparação ao jornalismo científico é mais instrumentalizado em Veja, dada a maior frequência de elementos discursivos selecionados. O jornalismo científico seguiu uma linha produtiva clássica, voltada à tradução do conhecimento científico. A perspectiva sistêmica esteve inserida aos enfoques discursivos de Veja no jornalismo ambiental, contudo há forte ligação com as fontes científicas e organizações em detrimento da sociedade civil e populações tradicionais. Os efeitos de sentidos gerados por ambos os discursos foram problematizados para entender como Veja proporcionou nos discursos sociais que intercambiou e fez circular o conhecimento científico e ambiental que pode auxiliar numa melhor compreensão do mundo em que vivemos, sobretudo, numa sociedade tão heterogênea. Esperamos contribuir para que o olhar jornalístico seja mais interdisciplinar, uma medida que pode auxiliar na composição de uma nova identidade da linha editorial jornalística, capaz de englobar a reestruturação da relação sociedade e natureza.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FELICIANO JOSE BEZERRA FILHO - UESPI
Presidente - 905801 - GERSON ALBUQUERQUE DE ARAUJO NETO
Interno - 1167538 - JOSE MACHADO MOITA NETO
Notícia cadastrada em: 12/09/2012 15:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.timers 20/10/2021 04:03