Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: HILEANE BARBOSA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HILEANE BARBOSA SILVA
DATA: 10/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditorio do Tropen
TÍTULO: PERCEPÇÃO E QUALIDADE DAS ÁGUAS DO PARQUE AMBIENTAL LAGOAS DO NORTE, TERESINA, PI
PALAVRAS-CHAVES: Qualidade da água. Poluição. Percepção. Lagoas do Norte
PÁGINAS: 72
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O crescimento urbano de muitas cidades brasileiras não foi acompanhado por um planejamento e provisão de infraestruturas adequadas, o que acarretou em uma série de problemas sociais e ambientais. A região conhecida como Lagoas do Norte em Teresina-PI é um exemplo de como esse fenômeno pode afetar a qualidade do ambiente urbano. Esta região é caracterizada pela baixa topografia, número expressivo de lagoas, suscetibilidade a inundações, saneamento deficiente e um processo desordenado de ocupação. Mais recentemente, o Programa Lagoas do Norte vem interferindo na região por meio da requalificação urbana e ambiental. O Parque Ambiental Lagoas do Norte surgiu como um dos produtos dessa intervenção. Este trabalho tem como objetivo analisar a qualidade das águas e a percepção dos moradores em relação às Lagoas Piçarreira do Lourival e Piçarreira do Cabrinha contidas no parque. Para tanto a bacia hidrográfica do parque foi delimitada e caracterizada em relação aos seus aspectos físicos e demográficos, além disso, foram realizadas coletas e análises das águas das lagoas e canal de onde as variáveis foram interpretadas por meio dos limites estabelecidos pela resolução CONAMA 357/2005 e Índice de Qualidade da Água - IQA (CETESB). Os resultados ainda serão interpretados frente ao Índice de Estado Trófico – IET. Utilizando uma abordagem qualitativa serão realizadas vinte e cinco entrevistas semiestruturadas com moradores dos bairros Matadouro e São Joaquim. A seleção dos participantes se dará pelo método Bola de Neve e a análise dos resultados será feita por meio da técnica de Análise de Conteúdo. A caracterização da microbacia hidrográfica identificou uma área total de 256,91 ha, perímetro de 10.429 metros e uma demografia de 6.761,12 hab./km², indicando uma região densamente povoada. Para avaliação da qualidade das águas foram definidos seis pontos de coleta distribuídos em pares no Canal Padre Eduardo, na Lagoa do Cabrinha e Lagoa do Lourival. O período de monitoramento compreendeu os meses entre julho de 2017 a abril de 2018, totalizando dez campanhas. As variáveis que apresentaram maior quantidade de amostras em desconformidade com a legislação nos corpos hídricos estudados foram DBO, pH, fósforo total e E.coli. Verificou-se degradação das águas da do Canal da Vila do Padre Eduardo, este por sua vez influencia na qualidade das águas da Lagoa do Cabrinha. A Lagoa do Lourival apresentou conformidade com a legislação na maior na maior parte das análises. Houve uma tendência de melhora na maioria das variáveis analisadas durante o período chuvoso em relação ao período seco.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1306580 - CARLOS ERNANDO DA SILVA
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Interno - 150.292.393-91 - JOSÉ MACHADO MOITA NETO - UFPI
Externo ao Programa - 396.109.003-30 - MÁRCIO ANTÔNIO SOUSA DA ROCHA FREITAS - UESPI
Externo à Instituição - LEONARDO MADEIRA MARTINS - UNINOVAFAPI
Notícia cadastrada em: 09/07/2018 15:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 01/10/2020 04:57