Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RUANNA THAIMIRES BRANDÃO SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RUANNA THAIMIRES BRANDÃO SOUZA
DATA: 29/05/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Sala virtual indicada após o Resumo
TÍTULO: Diversidade vegetal em cristas dunares residuais no Municipio de Ilha Grande, Piauí, Brasil, com ênfase na conservação de Anacardium occidentale L.
PALAVRAS-CHAVES: ambientes costeiros, comunidades vegetais, fitossociologia, Percepção ambiental
PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

As dunas são ecossistemas costeiros com padrões morfológicos distintos, classificadas em móveis, semifixas e fixas. As fixas se apresentam em forma de cristas transversais vegetalizadas, em que se evidencia sucessão ecológica ao longo de sua abrangência. Series de cristas dunares residuais são observadas em dunas do tipo barcana e parabólica no município de Ilha Grande, um dos quatro municípios ocorrentes na costa piauiense. Portanto, objetiva-se como este estudo caracterizar as formações de cristas transversais e longitudinais atrás de dunas ativas ocorrentes na localidade Labino, no município de Ilha Grande, Piauí, e sua estrutura vegetacional utilizando parâmetros fitossociológicos, bem como avaliar o perfil socioambiental dos moradores local e a percepção sobre os tipos de uso e ocupação territorial nas dunas e do cajuí (Anacardium occidentale L.), espécie que resiste ao avanço das dunas móveis e de importância social e econômica para a comunidade local. Foram realizadas 14 excursões durante o período de agosto de 2019 a fevereiro de 2020 sendo amostradas duas dunas ativas com cristas dunares residuais transversais e longitudinais orientadas na direção dos ventos e florestadas principalmente por vegetação arbórea. Para amostragem fitossociologica foi utilizado o método de parcelas múltiplas ao longo de um eixo de 2 km em cada duna, com nove pontos distribuídos com distância de 125 m entre si, com replicação de três parcelas, totalizando 27 parcelas em cada eixo. Ao longo do transepto foi estabelecido dois tipos de parcelas, parcelas com proporção de 1m² (1x1m) e parcelas de 10m² (10x10m) para espécie arbórea. Ainda neste tipo de parcela, na parte superior e do lado direito de todas as parcelas, foi alocada uma parcela de 1m² (1x1m). Para as parcelas de 10m x10m (100m2) utilizou-se como critério de inclusão indivíduos com 5 cm de Circunferência Altura do Peito (CAP) e 1,5 m de altura. Os parâmetros fitossociológico calculados foram Cobertura Absoluta (CA), Cobertura Relativa (CR), Frequência Relativa (FR), frequência Absoluta (FA), Densidade Relativa (DR), Densidade Absoluta (DA) e o Valor de Importância (VI) das espécies. A área de estudo é caracterizada por apresentar dunas fixas em forma de barcana, parabólica, transversal e longitudinal, com presença de frutícetos ou moitas nestas duas últimas. O estrato arbóreo possui um porte mais baixo, entre 2m-4m de altura com plantas crescendo de forma agrupada. Foi registrado o total de 35 espécies, distribuídas em 32 gêneros correspondendo a 20 famílias entre espécies herbáceas e arbóreas. As famílias com maior número de espécies foram Fabaceae (seis) e Cyperaceae (cinco), seguidas por Poaceae (quatro) e Rubiaceae (três). Anacardium occidentale L., Euploca polyphylla (Lehm.) J.I.M.Melo & Semir, Cyperus articulatus L. e Ipomoea asarifolia (Desr.) Roem. e Schult. apresentaram os maiores valores de (IV) e cobertura (CA). No componente arbóreo Anacardium occidentale foi a espécie identificada como facilitadora e também que resiste ao movimento das dunas.

Link: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/ivanilza-moreira-de-andrade


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1670535 - CLARISSA GOMES REIS LOPES
Interno - 302.181.523-53 - FRANCISCO SOARES SANTOS FILHO - UESPI
Presidente - 1221652 - IVANILZA MOREIRA DE ANDRADE
Externo à Instituição - MARIA FRANCILENE SOUZA SILVA - UFC
Externo à Instituição - Marlene Feliciano Figueiredo - UVA
Notícia cadastrada em: 08/05/2020 18:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 22:52