Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSEANE DE ARAÚJO ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSEANE DE ARAÚJO ALMEIDA
DATA: 27/08/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Sala Remota
TÍTULO: QUITRIDIOMICETOS (FUNGI, CHYTRIDIOMYCOTA) EM FITOTELMATA NA FLORESTA NACIONAL DE PALMARES, ALTOS - PI, BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: : Fungos zoospóricos; Microhabitate; Sazonalidade
PÁGINAS: 57
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

O Brasil é um dos países que apresenta a maior biodiverdidade do planeta tanto em ambientes terrestres quanto aquáticos, no entanto pouco se conhece sobre a ocorrência e distribuição dos organismos pertencentes ao filo chytridiomycota nesses ambientes devido a escassez de estudos no país relacionados a esses fungos. Mais restrito ainda é o conhecimento da ocorrência das quitrídias em fitotelmata que até o momento não foi relatada para o país. Estes ambientes são caracterizados como pequenos corpos de água retido por plantas vivas ou não ou mesmo em uma de suas partes. A Floresta Nacional de Palmares é uma Unidade de Conservação de uso sustentável, onde os fitotelmata presente no tronco de algumas árvores são regularmente abastecidos na estiagem visando fornecer água para a fauna não residente. Nestes reservatórios de origem natural, foi verificada a diversidade de quitrídias e a importância do reabastecimento na conservação desses fungos, além de analisar a sua dinâmica no período estudado. Foram realizadas duas coletas durante o período chuvoso e três coletas no período seco coletando-se a água do reabastecimento para isolamento e identificação das quitrídias. Foram identificadas oito espécies pertencentes a cinco famílias: Monoblepharidaceae (Monoblepharys hipogina), Gonapodyaceae (Gonapodya prolifera; G. polimorfa; e Monoblepharella sp.), Nowakowskiellaceae (Nowakowskiella elegans; e N. ramosa), Catenariaceae (Catenophlyctis variabilis) e Spizellomycetaceae (Karlingiomyces rosea). Todas as espécies foram encontradas tanto no período chuvoso quanto no período seco, no entanto as espécies isoladas foram mais abundante no período de estiagem evidenciando que o reabastecimento contribui com a conservação das quitrídias. Por se tratar do primeiro estudo realizado em fitotelmata na Floresta Nacional de Palmares esses resultados contribuem significamente com o conhecimento da diversidade local.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423426 - JOSE DE RIBAMAR DE SOUSA ROCHA
Interno - 1670535 - CLARISSA GOMES REIS LOPES
Interno - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Externo ao Programa - 420.525.483-00 - MITRA MOBIN - UNINOVAFAPI
Externo à Instituição - NELSON JORGE CARVALHO BATISTA - UNIFSA
Notícia cadastrada em: 21/08/2020 13:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/10/2021 04:46