Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉLIA OLIVEIRA CARRIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉLIA OLIVEIRA CARRIAS
DATA: 05/05/2021
HORA: 08:30
LOCAL: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/ciencias-ambientais
TÍTULO: Níveis de maturidade ambiental em indústrias de tintas imobiliárias
PALAVRAS-CHAVES: construção civil; gestão ambiental empresarial; impactos ambientais potenciais; tintas; ABNT ISO 14072.
PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A construção civil, como uma indústria de emissões intensivas, deve buscar inovações para alcançar uma maior conservação dos recursos naturais. Dentre os materiais utilizados nesse setor as tintas têm a função de colorir, proteger e embelezar. No entanto, é uma atividade que causa diversos impactos ambientais. Esse setor pode se beneficiar com os princípios da Avalição do Ciclo de Vida Organizacional (ACVO) na identificação dos processos, das atividades e das etapas do ciclo de vida de produtos e de serviços que tenham oportunidade de se tornarem mais sustentáveis ambientalmente. Nesse estudo, foi realizada uma visita em uma fábrica de tintas localizada no município de Demerval Lobão-PI, que contribuiu para o conhecimento das atividades do setor, mais especificadamente: matérias-primas, processo produtivo, produtos, consumo de água e energia. Inicialmente, caracterizou-se esse segmento através da literatura científica e documentos ligados ao setor de tintas. Também foram analisados os conteúdos divulgados pelos fabricantes de tintas imobiliárias a fim de identificar se o que é fornecido pelos fabricantes em suas plataformas digitais é suficiente para verificar a maturidade ambiental e elaborar uma ACVO. Foram identificadas quarenta e nove empresas, em que se constatou que cerca de 10% delas estão no último nível (estágio mais avançado) de maturidade ambiental. Para identificar os subsídios para a elaboração de uma ACVO foram investigados os instrumentos ou práticas já adotadas pelas organizações brasileiras. Para isso, foram analisados os documentos disponíveis nos sites das fabricantes de tintas, tais como: Ficha de Informações de Produtos Químicos (FISPQ), relatórios de sustentabilidade/sustentabilidade socioambiental, relatórios relacionados ao Sistema de Gestão Ambiental e licenças ambientais. Através disso, foi possível encontrar subsídios, tais como: informações sobre equipamentos com suas respectivas potências, matérias-primas, efluentes líquidos e resíduos sólidos. No entanto, constatou-se também que a ACVO, assim como a Avalição do Ciclo de Vida (ACV) e as demais ferramentas do ciclo de vida, demandam dados mais específicos do que é possível resgatar nos documentos identificados. Desse modo, confiabilidade, exatidão e uma razoável cobertura temporal são elementos indispensáveis que só são possíveis conhecer quando há uma receptividade da organização no fornecimento de dados, assim como experiência do executor da ferramenta na mineração, organização e interpretação dos resultados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Interno - 1354664 - WILZA GOMES REIS LOPES
Interno - 905801 - GERSON ALBUQUERQUE DE ARAUJO NETO
Externo à Instituição - MAURO CESAR DE BRITO SOUSA - IFPI
Externo à Instituição - ADRIANA SARAIVA DOS REIS - UNINOVAFAPI
Notícia cadastrada em: 20/04/2021 19:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.timers 25/10/2021 05:19