Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CRISTINA ALVES RODRIGUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CRISTINA ALVES RODRIGUES
DATA: 29/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: meet.google.com/tyw-nkiw-ypw
TÍTULO: ETNOBOTÂNICA DE ESPÉCIES DE ARACEAE JUSS NO MUNICÍPIO DE FLORIANO, PIAUÍ, BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Conhecimento tradicional. Uso de plantas. Metabólitos Secundários. Patentes
PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Araceae é uma das famílias das Alismatales que agrega potencial econômico devido muitas de suas espécies serem utilizadas no artesanato, na alimentação, na medicina popular e, especialmente na ornamentação e paisagismo. Objetivou-se realizar o levantamento florístico, estudo prospectivo e etnobotânico de Araceae cultivadas na localidade de Papa-pombos, no município de Floriano, Piauí. Para o estudo etnobotânico realizaram-se entrevistas semiestruturadas com moradores da comunidade Papa-pombo em Floriano, e a técnica “turnê-guiada” para coleta de exemplares das espécies. Foram realizadas análises de valor de uso (VU) e categorias de uso. Os dados prospectados foram realizados através da busca por artigos depositados nas bases de dados cientificas Web of Science, Scopus e Science Direct e em pedidos de patetes nas bases European Patent Office (EPO) e United States Patent and Trademark Office (USPTO). Os descritores utilizados foram Araceae AND Secondary metabolites e Araceae AND Toxicity. As buscas com essas palavras analisaram a progressão dos estudos e depósito de patentes por país, por área de depósito, por classificação internacional, além de progressão dos estudos nos últimos dez anos. Os resultados etnobotânicos apontaram os registros de oito espécies pertencentes a oito gêneros. As categorias listadas pelos moradores foram de uso ornamental e místico. Dieffenbachia amoena Bull. apresentou maior valor de uso 0,666 seguida por Alocasia cucullata (Lour.) G. Don. Os hábitos registrados foram trepadeira (12,5%) e herbácea (87,5%), sendo a maioria cultivadas. Os moradores da comunidade Papa-pombos demonstraram cultivar poucas espécies de Araceae e apresentaram poucas categorias de uso. Com relação aos dados prospectados nas bases de dados científicos utilizando os termos Araceae AND Secondary metabolites e Araceae AND Toxicity encontrou-se para Web of Science (14), Scopus (27) e Science Direct (444) registros. Nas bases de patentes os números de registros encontrados foram para EPO (151) e na base de dados Americana (USPTO) é possível observar uma forte relação entre o número de depósitos de patentes (AppFT 66) e o número de patentes concedidas (PatFT 36). Quanto ao número de publicações por país, a China (n=60) foi o país com maior número de publicações. Destaca-se em primeiro lugar a área de Farmacologia, Toxicologia e Farmacêutica (n=11) com o maior número de publicações e estudos voltados para esta área. O número de pedidos de patentes ainda é pequeno e demonstram que existe a necessidade de explorar estudos voltados a potencialidades dessa família em diversas áreas como anatomia vegetal e fitoquímica para identificação de metabólitos secundários.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1221652 - IVANILZA MOREIRA DE ANDRADE
Interno - 1670535 - CLARISSA GOMES REIS LOPES
Interno - 302.181.523-53 - FRANCISCO SOARES SANTOS FILHO - UESPI
Externo à Instituição - MARIA FRANCILENE SOUZA SILVA - UFC
Externo à Instituição - IRLAINE RODRIGUES VIEIRA - UFDPar
Notícia cadastrada em: 19/07/2021 07:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/10/2021 04:29