Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARALI SILVA SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARALI SILVA SANTOS
DATA: 20/08/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Sala virtual (meet).
TÍTULO: PERCEPÇÃO AMBIENTAL SOBRE A GESTÃO E DISPOSIÇÃO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NO MUNICÍPIO DE FLORIANO, PIAUÍ, BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Resíduos sólidos; políticas ambientais; impactos de gestão de resíduos.
PÁGINAS: 91
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração Pública
ESPECIALIDADE: Organizações Públicas
RESUMO:

O presente estudo tem por objetivo compreender a percepção ambiental acerca da gestão e disposição dos Resíduos Sólidos e os impactos socioambientais no campo das políticas públicas e práticas integradas de gestão. Os comportamentos podem criar hábitos de consumo na sociedade e os resíduos gerados e sua disposição final tem se tornado um dos principais desafios a serem enfrentados no mundo. Baseado nisso, busca-se refletir sobre as políticas ambientais e as possibilidades de sua instrumentalização no contexto social, político e tecnológico para o desenvolvimento sustentável do território. Neste sentido, este trabalho discutiu a degradação socioambiental do lixão do Município de Floriano - Piauí e as implicações tanto na qualidade do meio ambiente, quanto na saúde e qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis. Assim, foi realizado um estudo de impacto ambiental do sistema de disposição final dos resíduos no município. Para o alcance dos resultados, foi utilizada a pesquisa documental e observação in loco com a utilização de registros fotográficos, anotações com a análise da percepção geral dos pesquisadores sobre a estrutura do lixão, tipos de resíduos dispostos e interações entre catadores; e foi adotada a metodologia de verificação de impacto socioambientais através do Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR) da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Os resultados indicaram que as condições de funcionamento do local são inadequadas e não atende aos requisitos previstos pelas normas de gerenciamento de resíduos no tocante às políticas socioambientais. A pesquisa também indicou a presença de uma quantidade significativa de materiais no lixão como plástico, papel, papelão, garrafas pets, além de resíduos hospitalares e da construção civil a céu aberto. Em relação à análise documental foi possível realizar uma reflexão sobre os impactos socioambientais atrelados às políticas públicas ambientais na área de Resíduos Sólidos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 2129289 - MARCIA LEILA DE CASTRO PEREIRA
Interno - 1046342 - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Externo à Instituição - PAULO BORGES DA CUNHA - IFPI
Externo à Instituição - MAURICIO EDUARDO CHAVES E SILVA - IFMA
Notícia cadastrada em: 28/07/2021 11:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 23/10/2021 11:59